Sim... Você vai usar a Fórmula de Bháskara sua vida inteira

Alunos reclamam que a maior parte da matemática ensinada na escola não se aplica à vida. Na verdade... bem, não é bem assim. Muito pelo contrário. Você a utiliza o tempo todo. Descubra onde e como

Segundo Howard Gardner, autor da teoria das inteligências múltiplas, inteligência é uma habilidade que o ser humano desenvolve para resolução de problemas. Nesse sentido, ele definiu 9 inteligências passíveis de desenvolvimento no ser humano. A saber:

1- Inteligência Lógico-matemática (habilidade de pensar e inferir logicamente e habilidade de lidar com números)*;
2- Inteligência Espacial/Visual (habilidade de se localizar no espaço tanto fisicamente quanto mentalmente);
3- Inteligência Linguística (habilidade de entender e transmitir pensamentos através da linguagem escrita ou falada);
4- Inteligência Corporal (habilidade de coordenar os movimentos do corpo - coordenação motora);
5- Inteligência Musical (habilidade de interpretar e/ou criar sons através do timbre, tom, ritmo, etc.);
6- Inteligência Intrapessoal (habilidade de lidar e entender emoções próprias);
7- Inteligência Interpessoal (habilidade de lidar e entender emoções dos outros);
8- Inteligência Naturalista (habilidade de lidar com o meio ambiente); e
9- Inteligência Existencialista (habilidade de refletir sobre questões existenciais).

*Os significados entre parênteses são minhas interpretações da teoria.

No mesmo período, porém sem conhecimento das pesquisas de Gardner, um professor Norueguês também desenvolveu a sua teoria sobre inteligências, só que baseado na sua prática de sala de aula. Das 9 inteligências de Gardner, ele não considerou duas (a 8 e a 9) e acrescentou 3: a intuição, a criatividade e a memória. Sendo:

Inteligência Intuitiva: Habilidade de prever eventos baseado em experiências anteriores;
Inteligência Criativa: Habilidade de usar as outras inteligências para criar. Segundo ele, essa inteligência altamente desenvolvida é raiz do que hoje chama-se de TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade); e
Inteligência de Memorização: Habilidade de guardar e utilizar os estímulos recebidos pelos 5 sentidos para exercer as outras inteligências.

Mas o que isso tem a ver com a Fórmula de Bháskara e a matemática que é ensinada nas escolas?

Primeiro, é importante saber: toda habilidade é conquistada com Conhecimento, Aplicação e Repetição. Logo, como toda inteligência é uma habilidade desenvolvida, usando lógica, temos que toda inteligência é desenvolvida com conhecimento, aplicação e repetição.

Daí concluímos que cada novo conhecimento com o qual se tem contato na matemática (seja a Formula de Bháskara ou o conceito de função), aplicado e repetido diversas vezes em provas e exercícios, desenvolve as inteligências lógico-matemática, espacial (no caso da geometria), linguística, criativa (vide menino que "criou" um novo método de multiplicação) e de memorização.

A verdade é que a matemática como hoje é ensinada nas escolas convencionais de ensino básico, foi utilizada desde o surgimento da escola para o desenvolvimento das 3 inteligências que eu chamo de inteligências base: Lógico-matemática, Espacial e Linguística. Essas 3 inteligências eram de extrema importância na era industrial e, inclusive, o teste de QI avalia exatamente e somente elas. E a matemática é a matéria do ensino básico que mais desenvolve estas 3 inteligências. O que ninguém tinha pensado ainda é que a matemática também desenvolve a inteligência criativa e de memorização. Ou seja, é bom você começar a dar mais atenção a ela.

Agora, muita gente reclama que acha matemática muito difícil. Alguma até tem um certo trauma com a matéria. Você é uma dessas pessoas? Deixa um comentário aqui embaixo me dizendo como é sua relação com a matemática. Em breve eu faço um post dizendo porque as pessoas acham matemática complicada e como transformá-la em simples.

Se você conhece alguém que precisa entender porquê estudar matemática, compartilhe este texto.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento