Planejamento: conceito e tipos
Planejamento: conceito e tipos

Planejamento: conceito e tipos

O administrador deve possuir equilíbrio e pulso firme na hora de planejar mostrando confiabilidade a seus colaboradores

O Planejamento faz parte das funções administrativas (Planejar, Organizar, Direcionar e Controlar). Pode-se dizer que o Planejamento é executado no presente e seu resultado é focado no futuro. E isso requer um prazo para que seja colocado em prática pois, com isso, busca-se realizar o que foi planejado obtendo resultados esperados no futuro.

Avaliar as causas e consequências, efeitos das decisões tomadas, as vantagens e desvantagens requer grande responsabilidade por parte do administrador.
Planejar é determinar com antecedência o que será colocado em prática, a forma como será feito, alcançando o resultado esperado lá na frente. Para isso é preciso que sejam utilizados recursos como financeiros, humanos, tecnológicos, insumos – todos utilizados na hora do planejamento até a obtenção do resultado final.

O administrador deve agir

O administrador deve possuir equilíbrio e pulso firme na hora de planejar mostrando confiabilidade a seus colaboradores.
Quanto mais estudada seja a situação no planejamento, mais chance terá de chegar a uma precisão razoável. Também é importante ser flexível no momento de fazer as mudanças e como será a melhor forma de fazê-las. Haverá situações em que será preciso ter um segundo plano no caso de o plano principal tiver que ser substituído por mudanças decorridas no ambiente externo e interno.

Tipos de planejamento

  • Planejamento Estratégico
    São os meios utilizados para atingir as metas de longo prazo, que são de grande importância para a empresa, envolvendo o ambiente interno e externo no qual se insere. Define: o negócio que está sendo empregado na organização, como deve ser e qual sua influência no ambiente interno e externo, ajudando no desenvolvimento do longo prazo. O mais alto nível da empresa (diretores e assessores) é responsável por ter grande conhecimento da empresa e sempre deve estar atento ao que ocorre no ambiente externo.
    Nem todo planejamento de longo prazo é estratégico, assim, para que seja, é preciso não colocar limites no que está sendo feito, então é imprescindível definir o que se deseja alcançar num prazo estabelecido e usar estratégias para realizar. Deve-se definir o cenário, ou seja, prever a situação interna e externa da organização para o futuro formulando um planejamento estratégico, definindo as decisões que serão tomadas e os rumos a seguir.
    Portanto, é necessário fazer um bom diagnóstico, verificando como está o negócio, qual é o negócio, pontos fortes e pontos fracos, e como deverá ser daqui a algum tempo. Este cenário deve abranger tudo o que está contido na organização, como o produto, a localização da empresa, relacionamentos com os clientes, fornecedores entre outros.
    Uma das maneiras de elaborar um cenário seria solicitar a cada executivo que defina sua versão de cenário ideal, assim será possível definir um cenário desejado pela equipe com a decisão final do executivo ou do conselho de Administração. Aprovado o cenário, é hora de elaborar o planejamento estratégico com finalidade de atingir o que foi definido na elaboração de cenário adaptando a empresa às novas condições do ambiente.

  • Planejamento Tático
    No planejamento tático, as pessoas envolvidas têm o objetivo do desdobramento da estratégia, como, por exemplo, criando metas e buscando condições adequadas para que elas sejam realizadas (esse nível está entre o nível estratégico e operacional). Geralmente os ocupantes são coordenadores, supervisores, gerentes e eles buscam cuidar dos processos dos recursos, das pessoas envolvidas alinhando as decisões estratégicas.

  • Planejamento Operacional
    Segundo Fayol, é uma função gerencial que busca especificar os recursos que devem estar disponíveis para cada produto e fornece cronogramas.
    Esse planejamento pode ser anual, bienal, mensal, semanal ou trimestral, especificando quais recursos estão disponíveis para os serviços ou produtos, e utilizando esses cronogramas. O planejamento operacional está ligado à eficiência.


Referência
LACOMBE, Francisco & Heilborn, Gilberto. Administração Princípios e Tendências. São Paulo: Saraiva, 2006.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento