Gestão de Conflitos
Gestão de Conflitos

Gestão de Conflitos

A cultura brasileira sempre viu e ainda vê a questão do conflito como algo muito negativo. Normalmente as pessoas tendem a levar tudo para o lado pessoal e a resolução do conflito acaba sendo muito desgastante emocionalmente

Conflitos em uma organização são tão normais quanto o dia após a noite. São inevitáveis e quando bem administrados podem levar a empresa a um novo patamar de excelência e relacionamento entre seus integrantes.

Como consultor, já vi muito conflito terminar em discussão. Discussão é quase uma briga, perde-se a razão facilmente devido ao estado emocional e dificilmente se resolve alguma coisa. Pelo contrário, pode deixar marcas que demoram a cicatrizar. Conflito, em especial no aspecto corporativo, é quando processos não estão em sintonia, metas estão desalinhadas e as pessoas remam cada um para um lado.

O que você, como líder, deve observar atentamente na gestão de conflitos?

Quando tudo parece calmo demais e por muito tempo ninguém se desentende, ou sua empresa atingiu a perfeição ou:

- Existe falta de comprometimento das pessoas: neste caso as pessoas não estão preocupadas com o resultado final, mas sim com o seu resultado individual. Estão focadas cada uma nos seus problemas e, sinceramente, tanto fez ou tanto faz quando o assunto é excelência ou melhoria nos processos;

- Há pouca abertura para a inovação: ausência de conflitos pode dar uma grande pista do quanto sua empresa é inovadora. Como muito pouco ou quase nada se muda, tudo já está ajeitado em uma enorme zona de conforto;

- Existe uma cultura da mesmice: as pessoas criam ou participam dos seus feudos organizacionais. Tudo sempre foi assim. Para quê mudar e criar conflitos com outros setores, fornecedores, comunidade ou clientes? O pensamento que impera é: melhor deixar como está.

Os conflitos organizacionais provocam o amadurecimento da equipe e estabelecem novos padrões de excelência, produtividade e revisão de processos.

O conflito, quando bem conduzido, reestabelece o equilíbrio na empresa.

Ao detectar um conflito, imediatamente identifique a raiz do problema, quais as suas causas e quais os reais motivos da falta de equilíbrio nos processos. Assim, com certeza, você pode transformar algo indesejado em uma grande oportunidade de melhoria.

Evitar ou esconder conflitos é um tiro no próprio pé. É como esconder a sujeira sabendo que irá acumular e um dia explode bem em nossa face. O que não sabemos é em qual proporção isso explodirá. Negócios se perdem por falta de timing em resolver rapidamente o que no futuro não tem mais solução, por questões de orgulho, ego ou sentimentos feridos.

O líder deve entender que resolver um conflito não é só uma questão de descobrir o que é certo ou o que é errado. Mais do que isso, gestão de conflitos é uma questão de foco no resultado, ajuste de métodos e processos, que no fim contribuem para a evolução da sua empresa.

Assista ao vídeo GESTÃO DE CONFLITOS e ouça as dicas que gravei para você refletir sobre como conduzir, prevenir e resolver problemas de uma forma madura e profissional.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento