Feedback: o que é e como fazer

Quando pergunto a amigos gestores qual é o fator que mais desmotiva os talentos, a palavra feedback sempre fica longe da análise

Mas a falta de feedback, com certeza, é um dos fatores que mais desmotivam as pessoas, enfraquece a equipe e é a causa de muitos problemas que poderiam ter sido resolvidos quando eram apenas pequenos desvios de conduta ou de rota.

O fato é que o feedback é uma poderosíssima ferramenta gerencial, daquelas que o líder não pode abrir mão, mas que também pode ser um grande tiro pela culatra se não for feito com respeito, dados e, principalmente, uma excelente preparação.

Feedback significa, como dizem os manuais, retorno ou retroalimentação. Particularmente é gosto de pensar no ato do feedback como a capacidade que o líder tem de alimentar tanto a performance como a alma do seu colaborador.

É um momento único, imprescindível, que afeta a carreira e o desempenho de quem o recebe.

Feedback é uma questão de atitude! Demonstra consideração e respeito pelo ser humano por reduzir incertezas e ansiedades. Sentimentos que fazem parte do dia a dia na vida corporativa de qualquer trabalhador.

Como é um processo individual dever ser um momento todo dedicado ao orientador e ao orientado. É a hora adequada para elogiar, direcionar e educar.

Vale a pena lembrar que feedback não é momento para emitir opiniões pessoais e nada de achismo. É um daqueles momentos mágicos se bem conduzido faz maravilhas para as pessoas envolvidas e para a empresa.

Feedback é aquele instante de construção da confiança, parceiras e um melhor relacionamento entre líder e liderado. É uma conversa franca sobre possibilidades de melhorias.

Em meus treinamentos sempre defino feedback como um presente, tanto para quem dá quanto para quem o recebe. E presentes sempre são bem vindos.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento