Como reduzir o absenteísmo nas empresas

O problema no desempenho dos colaboradores pode estar nas suas dívidas. Mas há soluções para ajudá-los a resolver esta questão

O crédito veio forte para a classe C e D da população. Sem saber como lidar com as finanças pessoais, muitas pessoas foram as compras. Dos eletroeletrônicos, móveis, veículos, até os imóveis.
Quem de nós não deixou de aproveitar uma oportunidade, uma oferta imperdível para assumir algumas prestações, certo?

Resultado deste acesso ao crédito? Conforme pesquisa mensal realizada pela CNC - Confederação Nacional do Comércio, 60% das famílias estão com dívidas. Até aí, tudo bem. Só que cerca de 20% está pagando com dificuldade as dívidas e 6% já sabe que vai ter que escolher que prestações ficará para o próximo mês.

A AFCPE (Association for Financial Counseling and Plannin Education) também realiza pesquisas há décadas. Trabalhador com problemas de endividamento estão submetidos a um maior nível de estresse. Trabalha pior, falta ao trabalho, tem dificuldade de relacionamento na empresa e no lar.
Identificamos, inclusive, como calcular quanto a empresa paga em custos (por queda na produtividade), em sua folha de pagamento, por conta dos colaboradores endividados.
Para todo veneno, há um antídoto.

As mesmas apelações emocionais que o marketing aplica para que as pessoas comprem, utilizamos na palestra "Do Endividamento ao Rendimento" para que os trabalhadores tenham bons motivos para... Não se endividarem.

O método das 7 moedas preciosas dão pistas, antes mesmo de se pensar em comprar algo, se a decisão é sábia. Ou uma bola de neve que rolará nos próximos meses no orçamento familiar.
Critérios na hora de consumir são uma das melhores ações preventivas para evitar o endividamento.

O seu colaborador, ao aprender e aplicar este método, terá três grandes aumentos de rendimentos:

1) O poder de compra de quem utiliza a opção a vista é maior;
2) O rendimento no trabalho é maior, e
3) A tranquilidade, a paz, a serenidade permitirá que este trabalhador perceba o quanto na vida é possível ter coisas de imenso valor e não é necessário gastar para conquistá-las.

Para a empresa?
Trabalhador sem estresse com o endividamento é mais produtivo. A empresa deixa-se de se ter custos com erros, distrações, falta de concentração, falta de atenção,atrasos, rotatividade do pessoal.

Vai aumentar o lucro, certo?
Vai também ter o mérito de colocar no Balanço Social que está cuidando do bem estar dos seus colaboradores e familiares.

Entre em contato já e saiba mais a respeito da palestra "Do Endividamento ao Rendimento" e do plano de acompanhamento anual do seu pessoal interessado a ter uma relação melhor com o dinheiro do salário deles.

Você, gestor das pessoas da sua empresa, pode contribuir para o melhor desempenho dos colaboradores.


ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.