Como Configurar um Roteador

Quer saber Como Configurar um Roteador? Confira o post e veja que não mistério nenhum!

Você já deve estar acostumado a chegar em algum lugar (seja uma casa, um consultório ou um restaurante), pedir a senha do Wi-Fi e conectar-se à Internet com algum dispositivo, como computadores e celulares. A conexão sem fio já faz parte das nossas rotinas graças ao trabalho de um aparelhinho chamado roteador. Mas você sabe como ele funciona? Confira as principais funcionalidades e aprenda como configurar um roteador sem dificuldade.

O que é e para que serve um roteador?

Os roteadores são aparelhos utilizados para organizar uma rede local, intermediando a comunicação entre os diversos dispositivos conectados a essa rede e gerenciando a distribuição de dados entre eles. Os aparelhos mais modernos são utilizados, principalmente, para rotear a conexão de Internet sem fio, garantindo que o sinal chegue a todos os gadgets conectados (como computadores, tablets, celulares, TVs, videogames etc).

Explicando melhor: a Internet chega à sua casa através de outro aparelho, o modem, que é quem vai receber o sinal do seu provedor e transmiti-lo diretamente para o seu computador via cabo. No entanto, você provavelmente vai querer compartilhar essa internet com outros dispositivos - e é aí que entre o roteador, que vai agir como agente de distribuição deste sinal do provedor (via cabo ou Wi-Fi). O papel do roteador, basicamente, é se certificar de que os dados cheguem aos destinatários da maneira mais rápida possível, escolhendo sempre as melhores rotas para que isso aconteça.

Pode ser que a sua operadora de Internet forneça um aparelho que é, ao mesmo tempo, modem e roteador, desempenhando os dois trabalhos de uma vez só. Mas, para obter uma conexão mais eficiente, o ideal mesmo é adquirir um roteador separado, buscando sempre um modelo que atenda à potência do pacote de dados que você contratou.

Confira algumas dicas para escolher o melhor roteador:

Modelos de roteador

Existem, basicamente, dois tipos de roteadores: os estáticos e os dinâmicos. A principal diferença entre eles está na forma como o aparelho irá processar e definir a rota para transmissão de dados.

O roteador estático, que é o modelo mais comum e barato, vai optar sempre pelo caminho mais curto, desconsiderando possíveis obstáculos ou congestionamentos que possam haver nesse percurso.

Já o roteador dinâmico é um aparelho mais sofisticado (e também mais caro) que vai priorizar sempre a rota de transmissão mais rápida e que não tenha congestionamentos - mesmo que isso signifique um caminho mais longo.

Além disso, os modelos podem ser normais, que são aqueles cuja conexão é realizada por cabos, ou wireless, que, como o próprio nome já diz, é uma rede sem fio. Os aparelhos normais não possuem muitas diferenças entre eles, podendo ser tanto estáticos, quando dinâmicos. Já os roteadores wireless se diferenciam uns dos outros, principalmente, pela frequência em que operam, mas também pelo alcance, antena, velocidade, segurança, entre outros fatores.

Para escolher o melhor roteador, você deve levar em consideração não somente o que ele promete em suas configurações técnicas, mas também outros aspectos, como: número de aparelhos que você deseja conectar, velocidade da sua Internet, configurações do seu computador (se são compatíveis ou não) e o tamanho do seu lar (ou empresa), por exemplo.

Como configurar um roteador

Agora que você já sabe como funciona um roteador e escolheu o modelo que permite a conexão que você precisa, você precisará configurar esse aparelho. Separamos alguns passos que vão ajudar você a criar uma rede de internet sem fio sem dificuldade. Confira:

1 - Compre um roteador sem fio: seguindo as nossas dicas acima, escolha um aparelho que satisfaça as suas necessidades. O ideal é que ele tenha o suporte 802.11n (também conhecido como Wireless-N), que permite conexões mais rápidas e estáveis.

2 - Conecte o roteador: usando um cabo Ethernet, ligue o seu roteador ao modem pela entrada de Internet (WAN). Com outro cabo Ethernet, conecte o roteador ao seu computador (ou outros dispositivos que desejar). Ao menos um dispositivo deve estar conectado para iniciar a configuração.

3 - Encontre o endereço IP do roteador: o número pode estar impresso no próprio aparelho ou no manual. Você pode também tentar utilizar um IP padrão - os mais comuns são 192.168.1.1, 192.168.0.1 ou 192.168.2.1.

4 - Abra o assistente de configuração do roteador: com um navegador de internet aberto, insira o IP na barra de endereço e pressione Enter. Quando solicitado, insira o usuário e senha fornecidos pelo fabricante (geralmente, tanto senha quando usuário são admin).

5 - Configure a sua rede sem fio: dentro do menu de configuração, você deverá escolher um nome e senha para a sua rede Wi-Fi. Ao escolher o método de segurança, opte pelo modelo WPA2-PSK, que é o mais difícil de ser burlado. Salve as suas alterações e, pronto, o seu Wi-Fi está configurado.

Viu como é fácil? Agora a sua rede sem fio está configurada e você já pode conectar quantos dispositivos desejar. Além de desfrutar de uma conexão mais rápida e segura, você não terá mais transtornos com aquele emaranhado de fios espalhados pelo ambiente. Tem coisa melhor?

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento