Apresentação eficaz e eficiente: qual o objetivo de sua apresentação?

Muitas vezes um palestrante faz uma apesentação, ficando ele e a plateia perdidos quanto aos objetivos da apresentação. Saiba como evitar isso

Apresentação Eficaz e Eficiente: Qual o objetivo de sua apresentação?

Há quem diga que o objetivo de uma apresentação é o ponto mais importante a ser definido na preparação da apresentação. Uma verdade, mas o objetivo sem a metodologia para alcançá-lo pode invalidar uma apresentação.

OBJETIVO é realmente uma parte essencial para preparar e exibir uma apresentação e muitos apresentadores não o valorizam. É a partir do objetivo que vamos preparar o material de uma apresentação, o nível da apresentação, tempo, recursos, etc.

Assessorei um palestrante em uma renomada instituição com mais de 1.000 participantes. Seu objetivo era vender livros que acabara de publicar. Foi uma apresentação maravilhosa e ele foi considerado o melhor palestrante entre outros cinco. Foi aplaudido de pé. Ele adorou ser aplaudido. Resultado: vendeu 10 livros apenas.

Perguntei para ele: Você preparou uma palestra para ser aplaudido ou para vender livros¿

Expliquei para ele que acabara de realizar uma palestra eficaz e nada eficiente.

Fez me lembrar do seguinte conto:

Na Grécia, quando as pessoas ouviam Demóstenes discursando, comentavam. “Como ele fala bem!”

No Reino Unido, quando as pessoas ouviam seu primeiro ministro Winston Churchill, diziam: “Vamos lutar!”.

Eficiência pressupõe produtividade, resultado, ação. Demóstenes era eficaz; Winston Churchill era eficiente. Meu amigo foi eficaz.

Corrigindo os erros da palestra anterior, eu o acompanhei em outro evento com 100 pessoas - dez vezes menor. Resultado?Foi aplaudido e vendeu mais de 250 livros. Uma média de mais de dois livros por pessoa.

Em que se baseou a diferença? Na definição dos objetivos.

A primeira palestra, embora excelente, falou-se muito sobre os assuntos do livro, mas falou pouco sobre o produto e, menos ainda, sobre benefícios que os leitores e os profissionais teriam com a leitura dos livros.

Agora ele foi eficiente e eficaz.

Eis aí o grande erro de muitos palestrantes. Esquecem-se de definir o objetivo e pior ainda, trabalham pouco em favor desse objetivo.

Ao iniciar a preparação de uma palestra e sua apresentação não há como desprezar a importância de definir o objetivo e trabalhar em favor dele. Quando iniciar a preparação de uma apresentação, o palestrante tem que ter bem definido em sua mente o que ele quer alcançar; o que ele quer da plateia; qual comportamento esperado da plateia; como ele que quer a plateia aja depois da apresentação. Simples, mas muitos apresentadores desprezam essa preciosidade.

Ao definir os objetivos, faça de forma objetiva e mensurável:

  • Quero que meus ouvintes comprem no mínimo um livro.

  • Quero que meus ouvintes se matriculem no curso apresentado.

  • Quero que meus ouvintes passem a correr três vezes por semana.

  • Quero que meus ouvintes parem de fumar em no máximo seis meses.

Não fale sobre o produto apenas, mas ressalte os benefícios que a plateia terá em adquirir o produto. Ex: Ao invés de enfatizar que é um carro econômico, enfatize quanto seu ouvinte economizará por mês adquirindo o carro. Para os fumantes, mostre os benefícios econômicos e de saúde que terão assim que pararem de fumar.

Ao definir os objetivos: enfatize também:

  • Qual problema do cliente você resolve?

  • Como você resolve os problemas deles?

  • Por que a plateia deve comprar seu produto?

  • Qual o seu diferencial em termos de vantagens em relação aos concorrentes?

Mostre à plateia que ela tem um problema; e você tem a solução. Simples assim. E isso se faz definindo e trabalhando bem o objetivo.

Outro ponto relevante em uma apresentação, além de definir os objetivos, é definir também a estratégia, o caminho, ou seja, a metodologia pra alcançá-lo. Tão importante quanto o objetivo é também a metodologia. Mas isso será um assunto para outro artigo.

Um abraço e tudo de bom.

Apresentação Eficaz e Eficiente: Qual o objetivo de sua apresentação?

Há quem diga que o objetivo de uma apresentação é o ponto mais importante a ser definido na preparação da apresentação. Uma verdade, mas o objetivo sem a metodologia para alcançá-lo pode invalidar uma apresentação.

OBJETIVO é realmente uma parte essencial para preparar e exibir uma apresentação e muitos apresentadores não o valorizam. É a partir do objetivo que vamos preparar o material de uma apresentação, o nível da apresentação, tempo, recursos, etc.

Assessorei um palestrante em uma renomada instituição com mais de 1.000 participantes. Seu objetivo era vender livros que acabara de publicar. Foi uma apresentação maravilhosa e ele foi considerado o melhor palestrante entre outros cinco. Foi aplaudido de pé. Ele adorou ser aplaudido. Resultado: vendeu 10 livros apenas.

Perguntei para ele: Você preparou uma palestra para ser aplaudido ou para vender livros¿

Expliquei para ele que acabara de realizar uma palestra eficaz e nada eficiente.

Fez me lembrar do seguinte conto:

Na Grécia, quando as pessoas ouviam Demóstenes discursando, comentavam. “Como ele fala bem!”

No Reino Unido, quando as pessoas ouviam seu primeiro ministro Winston Churchill, diziam: “Vamos lutar!”.

Eficiência pressupõe produtividade, resultado, ação. Demóstenes era eficaz; Winston Churchill era eficiente. Meu amigo foi eficaz.

Corrigindo os erros da palestra anterior, eu o acompanhei em outro evento com 100 pessoas - dez vezes menor. Resultado?Foi aplaudido e vendeu mais de 250 livros. Uma média de mais de dois livros por pessoa.

Em que se baseou a diferença? Na definição dos objetivos.

A primeira palestra, embora excelente, falou-se muito sobre os assuntos do livro, mas falou pouco sobre o produto e, menos ainda, sobre benefícios que os leitores e os profissionais teriam com a leitura dos livros.

Agora ele foi eficiente e eficaz.

Eis aí o grande erro de muitos palestrantes. Esquecem-se de definir o objetivo e pior ainda, trabalham pouco em favor desse objetivo.

Ao iniciar a preparação de uma palestra e sua apresentação não há como desprezar a importância de definir o objetivo e trabalhar em favor dele. Quando iniciar a preparação de uma apresentação, o palestrante tem que ter bem definido em sua mente o que ele quer alcançar; o que ele quer da plateia; qual comportamento esperado da plateia; como ele que quer a plateia aja depois da apresentação. Simples, mas muitos apresentadores desprezam essa preciosidade.

Ao definir os objetivos, faça de forma objetiva e mensurável:

  • Quero que meus ouvintes comprem no mínimo um livro.

  • Quero que meus ouvintes se matriculem no curso apresentado.

  • Quero que meus ouvintes passem a correr três vezes por semana.

  • Quero que meus ouvintes parem de fumar em no máximo seis meses.

Não fale sobre o produto apenas, mas ressalte os benefícios que a plateia terá em adquirir o produto. Ex: Ao invés de enfatizar que é um carro econômico, enfatize quanto seu ouvinte economizará por mês adquirindo o carro. Para os fumantes, mostre os benefícios econômicos e de saúde que terão assim que pararem de fumar.

Ao definir os objetivos: enfatize também:

  • Qual problema do cliente você resolve?

  • Como você resolve os problemas deles?

  • Por que a plateia deve comprar seu produto?

  • Qual o seu diferencial em termos de vantagens em relação aos concorrentes?

Mostre à plateia que ela tem um problema; e você tem a solução. Simples assim. E isso se faz definindo e trabalhando bem o objetivo.

Outro ponto relevante em uma apresentação, além de definir os objetivos, é definir também a estratégia, o caminho, ou seja, a metodologia pra alcançá-lo. Tão importante quanto o objetivo é também a metodologia. Mas isso será um assunto para outro artigo.

Um abraço e tudo de bom.

Apresentação Eficaz e Eficiente: Qual o objetivo de sua apresentação?

Há quem diga que o objetivo de uma apresentação é o ponto mais importante a ser definido na preparação da apresentação. Uma verdade, mas o objetivo sem a metodologia para alcançá-lo pode invalidar uma apresentação.

OBJETIVO é realmente uma parte essencial para preparar e exibir uma apresentação e muitos apresentadores não o valorizam. É a partir do objetivo que vamos preparar o material de uma apresentação, o nível da apresentação, tempo, recursos, etc.

Assessorei um palestrante em uma renomada instituição com mais de 1.000 participantes. Seu objetivo era vender livros que acabara de publicar. Foi uma apresentação maravilhosa e ele foi considerado o melhor palestrante entre outros cinco. Foi aplaudido de pé. Ele adorou ser aplaudido. Resultado: vendeu 10 livros apenas.

Perguntei para ele: Você preparou uma palestra para ser aplaudido ou para vender livros¿

Expliquei para ele que acabara de realizar uma palestra eficaz e nada eficiente.

Fez me lembrar do seguinte conto:

Na Grécia, quando as pessoas ouviam Demóstenes discursando, comentavam. “Como ele fala bem!”

No Reino Unido, quando as pessoas ouviam seu primeiro ministro Winston Churchill, diziam: “Vamos lutar!”.

Eficiência pressupõe produtividade, resultado, ação. Demóstenes era eficaz; Winston Churchill era eficiente. Meu amigo foi eficaz.

Corrigindo os erros da palestra anterior, eu o acompanhei em outro evento com 100 pessoas - dez vezes menor. Resultado?Foi aplaudido e vendeu mais de 250 livros. Uma média de mais de dois livros por pessoa.

Em que se baseou a diferença? Na definição dos objetivos.

A primeira palestra, embora excelente, falou-se muito sobre os assuntos do livro, mas falou pouco sobre o produto e, menos ainda, sobre benefícios que os leitores e os profissionais teriam com a leitura dos livros.

Agora ele foi eficiente e eficaz.

Eis aí o grande erro de muitos palestrantes. Esquecem-se de definir o objetivo e pior ainda, trabalham pouco em favor desse objetivo.

Ao iniciar a preparação de uma palestra e sua apresentação não há como desprezar a importância de definir o objetivo e trabalhar em favor dele. Quando iniciar a preparação de uma apresentação, o palestrante tem que ter bem definido em sua mente o que ele quer alcançar; o que ele quer da plateia; qual comportamento esperado da plateia; como ele que quer a plateia aja depois da apresentação. Simples, mas muitos apresentadores desprezam essa preciosidade.

Ao definir os objetivos, faça de forma objetiva e mensurável:

  • Quero que meus ouvintes comprem no mínimo um livro.

  • Quero que meus ouvintes se matriculem no curso apresentado.

  • Quero que meus ouvintes passem a correr três vezes por semana.

  • Quero que meus ouvintes parem de fumar em no máximo seis meses.

Não fale sobre o produto apenas, mas ressalte os benefícios que a plateia terá em adquirir o produto. Ex: Ao invés de enfatizar que é um carro econômico, enfatize quanto seu ouvinte economizará por mês adquirindo o carro. Para os fumantes, mostre os benefícios econômicos e de saúde que terão assim que pararem de fumar.

Ao definir os objetivos: enfatize também:

  • Qual problema do cliente você resolve?

  • Como você resolve os problemas deles?

  • Por que a plateia deve comprar seu produto?

  • Qual o seu diferencial em termos de vantagens em relação aos concorrentes?

Mostre à plateia que ela tem um problema; e você tem a solução. Simples assim. E isso se faz definindo e trabalhando bem o objetivo.

Outro ponto relevante em uma apresentação, além de definir os objetivos, é definir também a estratégia, o caminho, ou seja, a metodologia pra alcançá-lo. Tão importante quanto o objetivo é também a metodologia. Mas isso será um assunto para outro artigo.

Um abraço e tudo de bom.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento