Administração financeira

Todas as operações de uma empresa devem ser baseadas em informações consistentes para que ela não opere com defícit em suas contas. A administração financeira traz a luz informações essenciais, através de dados contábeis para o bom funcionamento da mesma

A administração financeira é uma ferramenta muito importante para as empresas, com a sua ajuda as companhias podem ter condições de contabilizar seus resultados, ficando a par de onde estão sendo aplicados seus recursos e se está obtendo o retorno esperado. A administração financeira se utiliza de dados contábeis para formular suas decisões, para que a empresa tenha um desempenho elevado, trazendo recursos ao caixa para a realização de novos investimentos e a valorização se S.A, de suas ações na bolsa de valores. Usada de forma correta a administração financeira pode gerar inúmeros benefícios para a empresa como a otimização dos processos internos, trabalhando de forma mais eficaz para obtenção de recursos, diminuindo gastos desnecessários, evitando desperdícios nas operações, visando sempre o melhor caminho para a geração de receita.

Essa área administrativa é o combustível que mantém a empresa para realizar suas atividades, possibilitando o funcionamento de forma correta, sistêmica e sinérgica, passando recursos para outros setores, garantindo a realização das atividades necessárias, objetivando o lucro e acima de tudo o controle da entrada e saída de recursos financeiros, sempre tencionando a viabilidade dos negócios, e que esses negócios proporcionem não somente o crescimento da empresa, mas, que garantam também a sua estabilidade por entre as oscilações do mercado.

Fazer com que o retorno de capital se torne maior que o capital investido é o objetivo da administração financeira, em outras palavras, fazer com que o retorno dos ativos seja maior que o custo total do passivo. Resumidamente, a administração financeira deve ter uma postura questionadora em relação ao comportamento do mercado e da empresa para dar margem para uma tomada de decisão acertada.

A administração financeira em seu raio de alcance desempenha muitas funções dentre elas estão:

a) Planejamento financeiro; evidenciar a necessidade de crescimento da organização, identificar problemas futuros, selecionar ativos que sejam rentáveis, estabelecer rentabilidade mínima dos ativos.

b) Controle financeiro: acompanhar e avaliar o desempenho financeiro da empresa, analisar desvios dos indicadores financeiros, comparando o previsto com o realizado, definir medidas corretivas básicas, implementar medidas corretivas e verificar eficácia.

c) Administração de ativos: estabelecer a melhor estrutura em termos de risco e retorno dos ativos, acompanhar defasagens entre entradas e saídas.

d) Administração de passivos: gerencia estrutura de capital da organização, garantir a estrutura de capital mais eficaz em termos de liquidez, risco financeiro e redução de custos.

A administração financeira é feita em grandes empresas pelo CFO( Chief Financial Officer) que é responsável por gerir toda a área financeira da empresa, onde é responsável por analisar as taxa de retorno de investimentos, administrar o capital de giro, acompanhar os desvios de budget(orçamento) recolocando-o na direção correta. Em microempresas essa gestão de finanças fica por conta do proprietário da mesma, e muitas vezes acabam por passar por dificuldades, pois não fazem um planejamento adequado, não contabilizam os custos de forma correta e por fim acabam por fazer o caixa da empresa como seu bolso. Empresas que funcionam deste modo, tendem a ser deficitárias, trabalham no seu ciclo operacional sempre com prejuízo.

Vê-se o quão importante é administrar o financeiro de forma correta, isto é, tomar decisões hábeis fazendo um controle de forma eficaz, o que irá conduzir a empresa ao sucesso.

Referências

http://www.faccamp.br/ojs/index.php/RMPE/article/view/194/157

http://www.administradores.com.br/artigos/economia-e-financas/objetivos-da-administracao-financeira/69169/

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento