7 comportamentos do novo consumidor

Confira alguns comportamentos comuns ao novo consumidor e adapte-se para melhores resultados!

Se existe uma palavra que define tudo o que o comportamento do consumidor não é, essa palavra é “estático”. Estamos lidando com pessoas que reagem a cada mudança do mercado, a cada lançamento de produtos, notícias, política e, sim, tudo influencia em como cada uma delas vai se conectar com as marcas.

Ainda assim, é possível notar alguns traços importantes que definem o comportamento do novo consumidor digital e que devem ser estudados por todo empreendedor que deseja ganhar a atenção do seu público.

Para ter sucesso é preciso suprir expectativas, surpreender e, para isso, é preciso conhecer qual é a direção que o consumo está tomando para se adequar às necessidades do seu cliente. Separamos alguns pontos importantes para você:

1-Mais do que multicanais

Ser multicanal é uma realidade para os consumidores e para as marcas, que precisam trabalhar todos os pontos de contato possíveis com seu público. Mas a questão começa a ficar mais complexa quando o consumidor espera mais do que uma comunicaçãoomnichannel.

Hoje, ser multicanal importa, mas tudo isso se torna ainda mais significativo quando a marca se arrisca em canais inovadores-não apenas muitos canais- e contextos ideais, participando pontualmente da vida das pessoas na hora e lugar certo.

2-Dinâmicos

Os consumidores são digitais e não estão acostumados com a linearidade e falta de interação. É preciso oferecer experiências vivas, dinâmicas e envolventes, assim como uma comunicação cada vez direta, que aproxime os clientes.

3-Influência de valor

Assim como não funciona mais falar apenas dos produtos, também não é mais uma estratégia “correr” apenas pelo preço. O valor que a marca oferece, seus ideais, valores e projetos são decisores de compra e um dos principais motivos para a sua visibilidade.

Se o seu produto/marca tem valor, a influência será propagada pelos próprios consumidores, muito mais forte do que qualquer mídia tradicional de propaganda.

4-Experiência verdadeiramente boa

O consumidor é bem informado e não vai se contentar com pouco. Ele avalia a usabilidade, a comunicação, o preço, o valor, as condições de pagamento, a segurança, a interatividade e tudo o que diz respeito à sua experiência antes de fechar negócio. Por isso, alinhe o que puder para oferecer uma experiência verdadeiramente boa.

5-Consumismo mais sustentável e ético

Mais uma consequência de consumidores bem informados é a sua preocupação crescente sobre a procedência dos produtos que consome. Marcas com produtos sustentáveis e posicionamento ético ganham cada vez mais pontos.

6-Querem interação e comunidade

Chega de experiências rasas, o consumidor quer interação com que ele se identifique e se sentir parte da marca que ele “investe”. Sempre que tiver chance, envolva seu público e fortaleça essa ideia.

7-Inteligência artificial

O aumento de consumidores vai exigir das marcas o uso de tecnologias de inteligência artificial cada vez mais poderosa, para que os seus produtos e serviços inteligentes estejam nos bolsos, casas e redes sociais dos novos consumidores.

As motivações que impulsionam o uso dessa inteligência são antigas: poupar tempo, dinheiro e facilitar a vida, por exemplo. Empresas como a Toyota já estão investindo nisso para superar as expectativas dos consumidores.

Novas perspectivas começam agora

Em geral, vemos que os consumidores estão mais abertos a inovações e, mais do que isso, buscando novas experiências divertidas, criativas e cheias de conteúdo para se conectar com suas marcas.

Novas estratégias precisam ser colocadas em prática já, e há opções para isso (como o financiamento coletivo a favor do marketing como exemplo).

Até mais!

Outra maneira de evoluir lado a lado com o comportamento do consumidor é conhecendo a Taggli, content commerce inovador e interativo que vai mudar a experiência de compra e venda digital. Saiba mais em nosso site: www.taggli.com

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento