4 coisas que as marcas mais valiosas têm em comum
4 coisas que as marcas mais valiosas têm em comum

4 coisas que as marcas mais valiosas têm em comum

Uma onda branca e vermelha, uma sereia branca e verde com duas caudas, uma janela. Ao pensarmos de forma descontextualizada pode parecer uma loucura imaginar que estas sejam representações de algumas das marcas mais valiosas do mundo

Uma onda branca e vermelha, uma sereia branca e verde com duas caudas, uma janela. Ao pensarmos de forma descontextualizada pode parecer uma loucura imaginar que estas sejam representações de algumas das marcas mais valiosas do mundo.

A pergunta que move o pensamento de designers e especialistas em marcas é justamente saber o que elas têm em comum. A resposta contempla as boas práticas e como adequá-las à realidade e mercado.

Já divulgamos no blog as listas das marcas mais valiosas do mundo (segundo a Interbrand) e da América Latina (segundo a Millward Brown). Neste post vamos dividir o segredo dessas empresas com você. Confira!

marcas_valiosas

Imagem: Pixabay | CC0 Public Domain | pearchina

1. As marcas mais valiosas se destacam na competição

Já reparou que as marcas mais valiosas despontam em mercados altamente competitivos? Isso não é mera coincidência. Na verdade, é a partir da escolha oferecida aos consumidores que se torna possível descobrir o quanto elas significam.

As ações e campanhas de marketing mostram e evidenciam os aspectos pelos quais elas se diferenciam das demais, como qualidade, experiência do cliente, entre outros. Ou seja, essas empresas buscam colocar o cliente em primeiro lugar para poder, não apenas, atender às demandas, mas criar tendências.

2. As marcas apostam na relevância para o consumidor

O destaque a partir da relevância só acontece quando uma marca consegue ser uma resposta às necessidades e aos desejos do seu público-alvo. E não adianta fazer isso apenas uma vez. É fundamental a renovação contínua da mensagem diante dos clientes, seja no produto ou serviço em si ou nos seus meios de produção.

Ao se tornar relevante, a marca acaba conquistando um espaço no lado emocional de seus clientes, algo que, quando trabalhado, cria e reforça a lealdade, um poderoso diferencial para conquistar e manter a fatia de mercado.

3. Elas cumprem a promessa feita junto ao consumidor

É extremamente reconfortante encontrar um “porto seguro”, certo? Não precisa ser um lugar, mas uma sensação de que tudo vai dar certo. Não é diferente na escolha de um produto de uma determinada marca.

As marcas mais valiosas prezam — muito — por essa promessa feita. Uma frustração das expectativas do cliente é mais do que apenas uma compra ruim: é uma experiência negativa, que o leva para longe do “porto seguro” prometido em seu posicionamento. Algo a se evitar a todo custo.

4. Elas mantêm uma única — e forte — mensagem

Já reparou como algumas marcas conseguem transcender a barreira de diferentes idiomas e culturas, uniformizando sua mensagem mundialmente? As adaptações às necessidades locais existem, as diferentes equipes locais também, mas o núcleo permanece inalterado.

Mágica? Não. Na verdade, isso é o resultado de uma forte e contínua estratégia de marketing, que trabalha cada ação e campanha dentro de um projeto maior de construção e gestão de marca, com objetivos muito claros, a curto, médio e longo prazo.

Estudar as marcas mais valiosas é uma lição e tanto! Por isso, continue acompanhando nossas dicas de como alavancar a sua marca no mercado.

E você, conhece alguma outra característica comum das grandes marcas? Não deixe de comentar!

Publicado originalmente no blog da Agência Boxx

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento