voltar para Produção Acadêmica

Qualidade de Vida no Trabalho Docente: Aplicação do modelo de Walton em uma Instituição de Ensino Superior

Em um mundo cada vez mais competitivo e globalizado, as organizações têm nas pessoas o seu maior diferencial. Surge então a vontade dos funcionários em terem a qualidade de vida no trabalho, com o interesse em obter um melhor desempenho organizacional. Este trabalho de pesquisa teve como objetivo analisar os aspectos referentes à Qualidade de Vida no Trabalho do corpo docente do CESAC-Centro de Ensino Superior Santa Cruz, mantenedoura da FACRUZ-Faculdade Santa Cruz e do Instituto Superior de Educação - ISED, de Santa Cruz do Capibaribe – PE. O modelo teórico escolhido para o estudo foi o de avaliação de Qualidade de Vida no Trabalho de Richard Walton, composto de oito critérios, cada um com seus respectivos indicadores. Para cada um dos critérios do modelo, a pesquisa buscou observar se as questões se relacionavam com os desejos e expectativas dos colaboradores. Quanto a metodologia utilizada optou-se por uma pesquisa exploratória e descritiva. O instrumento de coleta de dados foi um questionário estruturado, que foi aplicado aos professores da empresa. Em questão observou-se que o nível de satisfação dos funcionários é alto, o que demonstra existência dos indicadores da Qualidade de vida no Trabalho da empresa. Palavras-Chaves: Qualidade de Vida no Trabalho, Desempenho, Satisfação.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    Carlos Alves

    sou uma pessoa que busca a realização profissional, sou formado em administração e estou cursando MBA em Gestão Financeira e de Pessoas

    Exibir