voltar para Produção Acadêmica

QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO. COMPREENDENDO A REPERCUSSÃO DA DINÂMICA SATISFAÇÃO-DESMOTIVAÇÃO EM COLABORADORES DA ADMINISTRAÇÃO NO RAMO DA SAÚDE: ESTUDO DE CASO

Diante do desencadeamento de veementes mudanças políticas, culturais e sociais percebidas no decorrer deste século, emergiu entre as organizações a preocupação em tornarem-se cada vez mais produtivas e competitivas, para assim manterem-se vitalizadas num mercado extremamente restrito. Admitindo a necessidade de maiores alocações de recursos financeiros e expressivos investimentos tecnológicos, inúmeras organizações deixaram de lado a sua essencial ferramenta para o sucesso: O homem. Partindo de que o colaborador implica diretamente no nível produtivo, torna-se necessário que as organizações priorizem a adoção de estratégias inovadoras e criativas, que possibilitem ao colaborador o poder de participação ativa nas decisões, dispensando atenção necessária à sua qualidade de vida no trabalho, disponibilizando aos mesmos um ambiente favorável, com equipamentos de qualidade, equidade na sua remuneração e, principalmente, um clima harmonioso para que desempenhem suas atividades de maneira satisfatória e produtiva. No ramo da saúde é convicto afirmar que a atenção para com a qualidade de vida no trabalho dos colaboradores, seja em aspectos físicos ou emocionais, precisa ser sempre lembrada, uma vez que estes estão diretamente envolvidos com diagnósticos desgastantes e enfezados e é necessário investigar com freqüência suas satisfações e desmotivações. A partir deste entendimento, objetivou-se, através de um estudo de caso desenvolvido no Hospital Universitário Santa Terezinha em Joaçaba (SC), compreender a repercussão da dinâmica satisfação-desmotivação em colaboradores da administração no ramo da saúde acerca de sua qualidade de vida no trabalho. Para compreender tal fenômeno utilizou-se a metodologia da pesquisa de caráter quantitativo e qualitativo e do tipo exploratória-descritiva, tendo como técnica de coleta de dados a entrevista. Os resultados desta pesquisa demonstram que a entidade em estudo necessita buscar novas estratégias para motivar seus colaboradores, principalmente no que se refere a reconhecimento, remuneração e condições de trabalho. Por fim, este estudo oferece uma contribuição às organizações, principalmente com referência à valorização do capital humano no seu ambiente de trabalho.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    José Sirena

    Bacharel em Administração
    Especialista em Administração de RH com ênfase em Gestão de Pessoas.

    Apreciador da literatura técnica administrativa - gestão pessoas.

    Instrutor de desenvolvimento de pessoas nos temas: Motivação, Liderança, trabalho em equipe, Iinteligência Emocional e Auto-Confiança.

    Buscamos, na sociedade atual, integrar profissionais com espírito empreendedor e humano. Pessoas com qualidades técnicas e emocionais desenvolvidas.
    Um ser humano precisa somar suas habilidades técnicas e pessoais para conquistar seu espaço. Quando todos estão unidos em prol de um objetivo comum, todos em uma única direção, aproximar-se-á, com mais certeza, um futuro promissor.

    José Piovesan Sirena

    Exibir