voltar para Produção Acadêmica

Qualidade de vida dos catadores de materiais recicláveis da ACMR: um estudo etnográfico

A qualidade de vida (QV) é buscada incessantemente pelos seres humanos que realizam diversas mudanças no seu dia-a-dia no sentido de ter uma vida melhor. Este trabalho é uma pesquisa sobre a QV inserida no campo social, com a população dos catadores de materiais recicláveis, trabalhadores que têm sido estudados porque realizam um trabalho importante para a limpeza das cidades e para o meio ambiente. A pesquisa foi realizada com os catadores da Associação dos Coletores de Materiais Recicláveis de Florianópolis - ACMR. Esta associação se encontra instalada na capital de Santa Catarina e é composta por pessoas que buscam uma QV melhor por meio da coleta e venda de materiais recicláveis. O objetivo geral foi procurar compreender a manifestação das categorias da QV destes catadores e, para que este pudesse ser alcançado, surgiram os seguintes objetivos específicos: Identificar a percepção dos fatores da qualidade de vida e analisar a manifestação dos fatores da qualidade de vida dos catadores de materiais recicláveis da ACMR. Para tanto, iniciou-se a pesquisa teórica acerca do tema QV, momento em que se verificaram as definições acerca deste, seguindo da construção teórica sobre os sujeitos catadores de materiais recicláveis, procurando entender o funcionamento do cotidiano deles, a sua rotina de trabalho, as dificuldades, os sentimentos por eles vividos e a forma como operam a sua vida. A pesquisa etnográfica, estratégia utilizada para o desenvolvimento do trabalho, norteou a pesquisa de campo que foi realizada por meio de visitas à associação. Convivendo com os sujeitos pesquisados, as sucessivas entrevistas em profundidade foram realizadas. Para entender a realidade dos nativos, houve a necessidade de buscar da visão com o olhar do outro e assim se encontrou uma forma de compreender outra realidade de um mundo que ao mesmo tempo é próximo e distante. Após a pesquisa de campo, efetuou-se a transcrição dos dados coletados e a interpretação destes, momento em que se revelou a percepção dos fatores da QV e, posteriormente, foi possível identificar e analisar a manifestação dos fatores da QV destes catadores. Após realizou-se um comparativo entre as categorias da QV segundo o entendimento dos autores estudados e as consideradas pelos catadores como fatores da QV, e ao final, foram ormuladas novas definições para QV a partir da visão dos catadores.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    Júlia Schultz

    Administradora, Mestre em Administração, Consultora na empresa Occhi Consultoria & Treinamentos e Professora de ensino superior e técnico.

    Exibir