voltar para Produção Acadêmica

Percepção de Universitários Estrangeiros frente à Marca Made In Brazil e sua Influência na Atitude com Relação a Produtos Brasileiros

A percepção que os consumidores possuem em relação ao país onde se origina determinado produto pode influenciar seu comportamento pela extensão daquela à imagem de marca e qualidade do produto, sendo, portanto, componente decisivo na determinação do composto de marketing para obtenção de vantagens competitivas. Com base nesta premissa, este survey busca captar a percepção dos estudantes da U.C.L.A. relacionadas à marca Brasil identificando a existência ou não do efeito país de origem, procurando corroborar ou refutar as conclusões oriundas de pesquisas anteriores, no sentido de aprimorar o conhecimento do comportamento do consumidor estrangeiro frente aos produtos made in Brazil. Os resultados, tendo como base a análise estatística, fatorial e regressão, apontam a inexistência da influência entre a imagem do Brasil para a inferência da imagem de marca e qualidade dos produtos, não afetando a atitude do consumidor estrangeiro frente a produtos brasileiros. As causas de tal conclusão, a partir da correlação do desenvolvimento teórico e análise descritiva dos dados, sugerem que a imagem do Brasil não é consolidada, o que relata o desconhecimento tanto dos produtos brasileiros, quanto sua procedência.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    MARCOS RAMBALDUCCI

    Graduado em Ciencias Economicas pela Universidade Estadual de Londrina, especialização em economia empresarial pelo Instituto Euvaldo Lodi, Mestre em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e doutorando pela Universidade Prestiberiana Mackenzie de São Paulo.

    Na área acadêmica atua ndo principalmente nos seguintes temas: planejamento estratégico, autonomia e desempenho exportador, e macroeconomia.

    Na iniciativa privada atuou como consultor na Brasil Telecom S/A para o segmento empresarial até 2006. Atualmente é docente na Faculdade Pitágoras, e coordenador de cursos de pós-graduação.

    Exibir