voltar para Produção Acadêmica

O BURACO BRANCO NO TEMPO: UMA ANÁLISE SOBRE O GERENCIAMENTO DE MUDANÇAS

Este artigo trata da análise do vídeo “O buraco branco no tempo” de Peter Russell , uma adaptação do seu próprio livro com o mesmo título. O vídeo inicia comentando sobre a origem e evolução dos tempos. Trata na seqüência, que os seres humanos na atualidade chegam a ocupar todo o universo. Russell, ressalta sobre a criação de novas tecnologias e uma modernização. Simboliza que há uma linguagem forte no universo chamada de comunicação, destacando o homem em relação aos demais seres. Reflete também, sobre a produção mundial. Pergunta por que não mudamos? Como está a nossa convivência? O nosso julgamento quanto às pessoas que estão ao nosso redor, por que somos resistentes a mudanças? Ressalta sobre uma suposta crise na humanidade, questiona também sobre o conhecimento das nossas atitudes. Russell, chega em seu momento de reflexão principal, quando retrata a mente humana. Nesse momento, o vídeo começa a questionar sobre os paradigmas que existem em nossa atual sociedade, destacando a importância da revolução da informática e a industrial. Finalizando, Russell comenta sobre uma revolução na consciência, ou melhor, simboliza um fator preponderante na existência da humanidade, que é o amor ao próximo, é o ser interior, na busca permanente pela paz. THE WHITE HOLE IN TIME: AN ANALYSIS ON CHANGE MANAGEMENT This article deals with the analysis of the video "The white hole in time" Peter Russell, an adaptation of his own book with the same title. The video starts commenting on the origin and evolution of time. This sequence in which humans today come to occupy the entire universe. Russell, emphasizes on creating new technologies and modernization. It symbolizes that there is strong language in the universe called communication, highlighting the man in relation to other beings. It also reflects on the world production. Question why do not we change? How is living together? Our trial about people who are around us, why we are resistant to change? Highlights about a crisis in humanity, also questions about the knowledge of our attitudes. Russell, arrives at his moment of reflection leading, when depicting the human mind. At this moment the video begins to question the paradigms that exist in our present society, highlighting the importance of the computer revolution and the industrial. Finally, Russell talks about a revolution in consciousness, or rather, symbolizes a major factor in the existence of mankind, which is love of neighbor is the inner self in the ongoing search for peace.

Este artigo trata da análise do vídeo “O buraco branco no tempo” de Peter Russell , uma adaptação do seu próprio livro com o mesmo título. O vídeo inicia comentando sobre a origem e evolução dos tempos. Trata na seqüência, que os seres humanos na atualidade chegam a ocupar todo o universo. Russell, ressalta sobre a criação de novas tecnologias e uma modernização. Simboliza que há uma linguagem forte no universo chamada de comunicação, destacando o homem em relação aos demais seres. Reflete também, sobre a produção mundial. Pergunta por que não mudamos? Como está a nossa convivência? O nosso julgamento quanto às pessoas que estão ao nosso redor, por que somos resistentes a mudanças? Ressalta sobre uma suposta crise na humanidade, questiona também sobre o conhecimento das nossas atitudes. Russell, chega em seu momento de reflexão principal, quando retrata a mente humana. Nesse momento, o vídeo começa a questionar sobre os paradigmas que existem em nossa atual sociedade, destacando a importância da revolução da informática e a industrial. Finalizando, Russell comenta sobre uma revolução na consciência, ou melhor, simboliza um fator preponderante na existência da humanidade, que é o amor ao próximo, é o ser interior, na busca permanente pela paz.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    Antônio Santos

    Administrador CRA/BA nº 17884. Especialista em Gestão de Pessoas pela Faculdade Olga Mettig (Salvador-BA), Especialista em Gestão Pública pela Faculdade Visconde de Cairu (Salvador-BA) e Bacharel em Administração Pública pela Faculdade Regional da Bahia (UNIRB). Servidor Prefeitura municipal de Salvador. Instrutor de Segurança Privada. Sargento do Exército (1982 a 1990). Nascido na cidade de Parnaíba-PI, onde estudei nos Colégios: Simplício Dias (SESI), São Luiz Gonzaga, SENAI (Mecânica Geral), Polivalente e por último no Colégio Estadual Lima Rabelo, onde me tornei líder estudantil. Vindo para Salvador em 1981, estudando no Colégio Edgard Santos, no bairro do Garcia, até 1982. Neste mesmo ano incorporei às fileiras do Exército Brasileiro, permanecendo até 1990. Palestrante nas áreas de Relações Humanas no Trabalho, Prevenção e Combate a Incêndio e Qualidade Total (5S).


    Na área de Segurança Privada, leciono as seguintes disciplinas:
    - Vigilância;
    - Radiocomunicações e Alarmes;
    - Noções de Segurança Privada;
    - Legislação Aplicada;
    - Direitos Humanos;
    - Relações Humanas no Trabalho;
    - Sistema de Segurança Pública;
    - Prevenção e Combate a Incêndios;
    - Criminalística e Tec. de Entrevista.


    E-mail: arsilvasantos@gmail.com
    https://www.facebook.com/arsilvasantos

    Exibir