voltar para Produção Acadêmica

Medição Quantitativa do Processo de Software: O Primeiro passo para a melhoria contínua

Monografia apresentada à Fundação Getúlio Vargas FGV Management, Núcleo de Brasília-DF no ano de 2006 como requisito parcial para a conclusão do curso MBA em Administração Estratégica de Sistemas de Informação. Resumo: Embora não sejam reconhecidas como fundamentais, as métricas de software exercem um papel importante no gerenciamento do processo de software. Com a utilização das métricas podemos avaliar as ocorrências, acompanhar o progresso dos projetos e avaliar a eficiência dos processos. Entretanto, existe na prática um grande abismo entre o que podemos fazer com as métricas de software e o que é feito. Este abismo se deve principalmente a falta de coordenação, planejamento e conhecimento das métricas sendo utilizadas. Este trabalho tem o objetivo de discutir estes aspectos relevantes para a utilização das métricas de software, trazendo as bases para o que consideramos um mecanismo consistente de melhoria do processo de software.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    Gustavo Tavares

    Graduado em Administração e pós-graduado em Gestão Estratégica de TI pela FGV. Trabalhou em ambientes de desenvolvimento/manutenção de software e operações de TI implementando e gerenciando os controles de Governança de TI e os processos de: gestão de demandas; gestão de projetos; qualidade de software; gestão de serviços de TI e gestão da segurança da informação.

    Atuou em iniciativas de planejamento de TI, melhoria de processos e mudanças organizacionais. Especializou-se na utilização da tecnologia direcionada à transformação e/ou melhoria dos processos organizacionais e no controle dos riscos de TI.

    Desenvolveu fortes habilidades interpessoais, capacidade gerencial e visão estratégica. Experiente instrutor de treinamentos. Certificado como PMP, ITIL Practitioner e COBIT Foundations. Inglês Fluente

    Exibir