voltar para Produção Acadêmica

Marketing Esportivo e Endomarketing: Um estudo de caso no América Futebol Clube

O seguinte estudo tem como problemática: que estratégias de marketing esportivo e endomarketing podem maximizar a captação de recursos para o clube e a promoção dos produtos e da marca AMÉRICA entre seus torcedores e seus colaboradores/jogadores?

A evolução do marketing esportivo brasileiro está diretamente ligada ao crescimento mercadológico do futebol, tendo em vista que por muitos anos sua administração amadora utilizava poucos recursos do marketing, atrasando sua consolidação como produto. As empresas brasileiras estão começando a perceber que essa atividade econômica possui importantes qualidades e que são necessárias no momento da criação de um diferencial, na promoção da marca, ou mesmo na venda de produtos. Neste mercado em expansão, o esporte brasileiro está passando por uma grande transformação em seus conceitos administrativos. Percebe-se que o amadorismo está dando lugar aos conceitos do marketing, tais como o planejamento e a organização, que outros centros nacionais mais desenvolvidos já aplicam. Assim, este estudo objetiva propor estratégias de marketing esportivo e endomarketing para o América Futebol Clube, mediante a identificação do perfil dos entrevistados; dos pontos fortes e fracos do América Futebol Clube; bem como do desenvolvimento de estratégias de Marketing Esportivo e de Endomarketing. Para a base teórica da monografia foram pesquisados diversos autores, entre eles BEKIN (2004), MELO NETO (2007), OLIVEIRA (2005) e UNZELTE (2002), abordando o marketing e seu conceito, o marketing esportivo e suas tendências, o endomarketing, suas ferramentas, os tipos de clientes e o seu processo de gerenciamento, as estratégias de marketing esportivo e endomarketing, além do marketing no futebol. O tipo de pesquisa utilizada foi a exploratória e descritiva, tendo como amostra 250 pessoas, o equivalente a 5% do universo, com 8% de margem de erro e 95% de grau de confiabilidade. Os dados foram coletados mediante entrevista pessoal, através de um questionário semi-estruturado composto por 20 questões fechadas e 2 abertas. Os resultados apresentam que o perfil dos entrevistados é masculino, na faixa etária entre 18 e 25 anos, solteiro, com curso superior incompleto, com renda familiar entre R$1.000,00 e R$2.500,00 e tem entre 3 e 4 membros na família. Quanto à percepção dos respondentes quanto ao uso de estratégias de marketing tem-se que, utilizam carro próprio para ir aos jogos e/ou treinamentos do América; costumam ir aos jogos quando estão com vontade; utilizam a internet como principal meio de comunicação para obter informações sobre o Clube; afirmam que raramente os parceiros do clube dão o suporte necessário; raramente o América realiza promoções que estimulem os torcedores a ir ao estádio; frequentemente compram produtos com a marca do clube; entendem que o preço dos produtos praticado está acima do mercado; afirmam que a atual política de marketing raramente contribui para o crescimento da marca; que sempre são a favor da venda de espaços de publicidade na Sede Social; e que o dinheiro adquirido com a venda de produtos oficiais deve ser aplicado na categorias de base. Assim, percebe-se que o América Futebol Clube utiliza com pouca frequência as ferramentas do marketing.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    Alfeu Barreto

    null

    Exibir