voltar para Produção Acadêmica

Governança Corporativa e os Impactos da Lei Sarbanes-Oxley

No mundo administrativo, a transparência nas relações entre executivos, investidores e sociedade ganha cada vez mais importância. Uma gestão financeira competente seguida de um rigoroso controle nos processos e relatórios elaborados periodicamente, aliados a um código de ética e um programa de responsabilidade social, assegura atualmente à qualquer empresa um grau de confiabilidade muito alto, a seus investidores. Esses pré-requisitos que praticamente garantem o sucesso de uma organização ganharam maior importância no mundo corporativo, principalmente após a implantação da Lei Sarbanes-Oxley, que obriga todas as empresas norte-americanas e as estrangeiras com atividades nesse país a seguir algumas regras impostas pelo governo local. A Lei Sarbanes-Oxley, basicamente determina que dentro de sua administração, a empresa garanta controle em seus processos, transparência em suas relações de mercado e evidencie em auditoria através de amostragem aleatória que seus processos estão sendo executados conforme planejado anteriormente. Através de uma política de governança corporativa eficaz, uma organização tentará transformar a insegurança que um mercado de renda variável provoca em seus investidores, em um ambiente mais chamativo para captar recursos e prosperar em seus negócios.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    Ricardo Pereira

    Exibir