voltar para Produção Acadêmica

Formulação Estratégica: um estudo de caso das cinco forças competitivas de Porter

As organizações não operam sozinhas, estão inseridas num amplo sistema denominado macroambiente ou ambiente externo com o qual interagem permanentemente. A interação estabelecida entre empresas e ambiente externo é regida por uma troca de influências através de forças que representam oportunidades ou ameaças para a organização, tudo depende de como será a formulação de sua estratégia competitiva. Neste sentido, a elaboração de estratégias competitivas para as organizações, essencialmente, leva em consideração o ambiente em que estão inseridas, porque é impossível desconsiderar as influências exercidas pela economia nacional e internacional, pelo governo, pelas leis, pela comunidade e pelas outras empresas. Por isso, Porter (1986, p. 22) explica que a essência da formulação de uma estratégia competitiva é relacionar uma companhia ao seu meio ambiente.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    Guilherme Oliveira

    http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4480819J6

    Exibir