voltar para Produção Acadêmica

Fim da violência doméstica: a parte dos homens

Sob as planilhas com indicadores econômicos e sociais positivos, o estado de Santa Catarina esconde os cadáveres de mulheres assassinadas, agredidas e subjugadas. Uma mulher é vítima de agressão a cada 46 minutos no Estado. Cinco das principais cidades catarinenses estão entre os cem municípios com mais registros de violência contra a mulher no Brasil. A Contradição é gritante. Há municípios com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) relativamente elevado e os menores índices de violência. No entanto, além de casos constantes de agressõ