voltar para Produção Acadêmica

Diretrizes para implantação do Programa 5"S" na Administração Pública

Para a sobrevivência no atual mundo, que busca sustentabilidade através da responsabilidade social, torna-se fundamental ao setor público promover estratégias de políticas públicas que incorporem tais conceitos. O Poder Público possui importante influência econômica de mercado como também comportamental, no que tange suas aquisições de insumos através de licitações, que cada vez mais devem ser norteadas pelos princípios ecológicos e responsáveis. Desta forma, implementar novas estratégias administrativas que permitam a melhoria contínua tornou-se indispensável em todos os segmentos desta sociedade que vive na Era da Informação. Essas mudanças de padrões culturais, exigidas pelos programas de qualidade geram resistência por parte de alguns setores das organizações, este fato, pode ser observado com clareza, nos setores diretamente envolvidos com a sociedade como um todo. No caso da administração pública, um dos motivos que dificultam a implantação de programas de qualidade é o baixo interesse, resistência em mudanças nos processos diários e quebras de paradigmas, dificultando por consequência a compreensão dos benefícios advindos ao assumir novas posturas no ambiente de trabalho e como esta mudança, pode influenciar no bom desenvolvimento de todas as atividades dentro da repartição de trabalho. Além de organizar, limpar, melhorar a saúde dos envolvidos, racionalizar de forma benéfica à utilização dos meios disponíveis e na auto-disciplina individual, o Programa 5S pode contribuir sobremaneira para o entendimento destes conceitos e além disso, esclarecer vantagens para os colaboradores em questão. Com estes objetivos, busca-se a implantação deste Programa no âmbito público, cujas expectativas de resultados serão aqui descritos e discutidos.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    Jackson Candian

    Exibir