voltar para Produção Acadêmica

De frete para o código.

O código de ética do administrador vê como fator maior, o princípio do bem comum, entre o profissional de administração e todos os que o norteiam. Os capítulos, artigos e incisos descrevem muito mais que direitos e deveres, mas sim como a conduta ilibada, e principalmente profissional demonstra...



Resenha Crítica - Código de Ética do Administrador

O código de ética do administrador vê como fator maior, o princípio do bem comum, entre o profissional de administração e todos os que o norteiam, isso que dizer que sua abrangência engloba todo o contexto social onde o mesmo pode estar inserido e todas às pessoas que estão diretamente ou indiretamente ligadas a sua atividade.

Observamos que os fundamentos do código de ética do administrador são originados no sentido de agente de desenvolvimento social, suas normas devem reger a conduta do profissional em um viés singular e direcionado as relações com seus clientes, colaboradores e todo o ambiente que o circunda.

É notório que a ética e a moral andam juntas e não depende somente do código de ética para mostrar ao profissional de administração qual a sua real importância perante o cunho social e em comunidade. Os capítulos, artigos e incisos descrevem muito mais que direitos e deveres, mas sim como a conduta ilibada, e principalmente profissional demonstra o caráter do ser humano em detrimento da atividade que exerce, o código de ética do administrador é verdadeiramente muito objetivo em todas suas questões.

O profissional de administração deve entender que o código de ética da classe serve como orientador para suas atitudes e é nele que se dispõem os elementos básicos fundamentais para uma postura ilibada. Logo, indicando quais os caminhos corretos que se devem tomar para não adentrar em meios de degradação generalizada que podem levá-lo a uma conduta não ideal.

Temos a convicção que este código é para nós o manual de instruções de como proceder em diversas situações, com os colegas, cliente, com a classe dos administradores e com o próprio processo ético que nos envolvem. Não podemos deixar de ressaltar que além dos direitos e deveres que o código dispõe de maneira muito sucinta, estes também nos mostra qual a punição previa que pode nos acarretar por não cumprimento destes, as retaliações são oriundas das infrações plenas que são cometidas, e serão analisadas e de certo, julgadas em instancias regionais e federais.

Podemos concluir que o código de ética do administrador superou nossas expectativas, promovendo alto grau de aprendizagem e aflorando em nós, um sentimento de imparcialidade, retidão e profissionalismo em todos os sentidos, acreditamos que este código é mais do que um guia para os administradores, mas sim uma amostra sublime de como proceder a partir do momento em que somos diplomados e nos caracterizamos como "Profissionais de Administração"

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    Everton Lima

    Sou uma pessoa muito carismática, comunicativa e dinamica, acredito que um bom trabalho em equipe trás vantágens não somente para o grupo, mas para cada indivíduo que a compõe, desta forma todos crescemos.

    Exibir