voltar para Produção Acadêmica

Construção e Validação de Escala de Estresse Organizacional

A literatura sobre estresse ocupacional costuma frisar demasiadamente as características da tarefa e/ou do trabalhador, negligenciando a participação de características organizacionais no processo em questão. Diversos pesquisadores apontam a importância de estudos que abarquem estas características enquanto potencialmente estressoras e a generalização de resultados. O presente trabalho objetivou construir e buscar evidências de validação empírica de um instrumento com vistas a mensurar características organizacionais como estressores em potencial, denominado escala de estresse organizacional (EEO). Um conjunto de 60 itens foi inicialmente elaborado e aplicado a uma amostra de 454 profissionais vinculados a instituições públicas, privadas e de economia mista. A análise fatorial resultou num instrumento composto por 32 itens, cuja estrutura indicou a presença de um fator geral de segunda ordem e quatro fatores de primeira ordem, a saber: Decisões organizacionais, Suporte, Incentivo à competição e Entraves ao crescimento profissional. O fator geral é a somatória dos quatro fatores, fornecendo uma medida geral sobre o estresse organizacional. Ao apresentar parâmetros psicométricos satisfatórios, a EEO é a primeira medida brasileira que trata de características organizacionais desenvolvida e validada para a avaliação de estresse organizacional.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    Pricila Zarife

    Doutora e Mestra em Psicologia Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações pela Universidade de Brasília (UnB). Especialista em Psicologia do Trânsito pela Universidade Católica de Brasília (UCB). Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF). Coach com formação em Self & Professional Coaching pela International Coaching Community (ICC). Professora universitária nas Faculdades Integradas Rio Branco (FRB). Experiência profissional de consultoria e docência em Gestão de Pessoas, Psicologia Organizacional e do Trabalho e Psicologia do Trânsito, além de coordenação de curso superior.

    Exibir