voltar para Produção Acadêmica

Ciência para não-cientistas: a experiência universitária das agências de notícias e assessorias de imprensa

Análise da atuação das assessorias de imprensa e agências de notícias universitárias, buscando apontar os porquês de nestes locais a informação não-científica ser mais privilegiada que a informação científica. Demonstra critérios de seleção e o trabalho de elaboração de informações para divulgação naquelas estruturas organizacionais. Estudo de caso da divulgação de notícias praticada pela Universidade Gama Filho.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    Antônio Chaves

    Jornalista por formação, publicitário por atuação e administrador por vocação, me especializei na área de planejamento estratégico. Tenho facilidade em lidar com pessoal, seja na motivação de equipes, seja no atendimento de expectativas de meus superiores. Neste sentido, encarei desafios tão distintos como chefiar a equipe responsável pelo telão e geração de imagens do Rock in Rio 3 ou fazer o planejamento e estruturação acadêmicos do Curso de Cinema da Universidade Gama Filho. Ex-diretor de Marketing e Eventos da Associação Brasileira de Educação e Internet (Abenet), atualmente administro uma empresa de organização de eventos em Niterói (RJ). Sou mestre em Ciência da Informação (UFRJ/CNPq), dentro da linha de pesquisa de Gerenciamento e Fluxo da Informação. E disposto a aprender sempre.

    Exibir