voltar para Produção Acadêmica

AS ORGANIZAÇÕES E O SIG-SISTEMA DE INFORMAÇÃO GERENCIAL

A importância dos SIG dentro das organizações, sejam elas com ou sem fins lucrativos todas buscam a sustentabilidade do sistema produtivo.As organizações são células vivas composta primeiramente por pessoas e em segundo plano por processos. O homem interessante com é, e pensando no sucesso das organizações desenvolve várias formas de organizar as pessoas dentro das empresas. No composto dessas formas organizadas encontramos o SIG.

As organizações são células vivas composta primeiramente por pessoas e em segundo plano por processos. O homem interessante com é, e pensando no sucesso das organizações desenvolve várias formas de organizar as pessoas dentro das empresas. No composto dessas formas organizadas, existe a gestão de pessoas, de marketing, de produção, financeira, dentre outras, não bastando essa segmentação, na busca pela gerencia eficaz e eficiente, ele idealizou o SIG, denominado sistema de informação gerencial, o SIG é composto por condicionantes, níveis de influencia e abrangência onde o administrador deve conhecer cada parte integrante na busca do sucesso.

O SIG é organizado por modelos, e divido em dois: o modelo básico e o modelo geral, eles servem para expor o funcionamento da realidade. O modelo geral evidencia perfeita interação do SIG com os objetivos, estratégias e políticas por meio do planejamento estratégico, táticos e operacionais. O modelo geral do SIG procura respeitar as funções básicas de um executivo, embora essa possa parecer uma situação simples e evidente, o auto do livro aqui estudado procura evidenciar modelo geral e não o simplificado, por entender que o processo real necessita ser integrado e interativo com as funções do executivo, todavia é importante ressaltar a importância do mesmo um a vez que considerações básicas podem ser feitas, tendo em vista a facilidade de atuação dos executivos dentro desse contexto mais amplo e estruturado do SIG.

Tudo isso significa na prática o ato de conseguir escrever tudo aquilo que foi ou será executado em ações, represento o exercício de poder prospectar de forma mais real uma situação do futuro mediante cenários idealizados de ameaças e/ou oportunidades para as organizações. É necessário reforçar a importância dos cenários, pois significa quantidade, ou maioria das empresas não tem a disciplina de trabalhar com os cenários de maneira perfeitamente inserida, ou seja, a vivencia de situações que possam vim a acontecer e assim se preparar. Dentro da administração gerencial, pode-se afirma que SIG é a ferramenta primordial para a gestão e execução de todo o planejamento dentro de seus objetivos e estratégias.

Visando o bom desenvolvimento da gestão organizacional, o SIG traz consigo outras ferramentas na busca da gerencia preventiva, ele é composto por níveis de abrangência, que significa onde o mesmo pode melhor atuar, e divide-se em 3 níveis: nível corporativo, nível de UEN – unidade estratégica, nível de empresa. Os níveis são ordenados por prioridade, onde no topo da pirâmide encontram-se a estratégica, em nível intermediário o tático e na base da pirâmide o operacional, a razão de considerar, de forma separada, esses três níveis de influência é que cada um deles pode ter um tipo e amplitude de influência sobre o SIG. Na realidade, essa operação dos três níveis também tem a vantagem de propiciar uma situação de interligação com os três tipos ou níveis de planejamento nas empresas.

Os condicionantes do SIG são: objetivos, estratégias e políticas da empresa, fatores ambientais da empresa, qualidade dos profissionais, das informações, dos processos, também faz parte dos condicionantes a tecnologia da empresa, a relação dos custos versus benefícios bem como os riscos envolvidos e aceitos, lembrando sempre que o risco faz parte de qualquer processo, entretanto e incerteza não pode existir. Os componentes do SIG podem ser apresentados em forma de um processo, detalhes a respeito da estruturação dos relatórios gerenciais devem ser considerados, como os aspectos das decisões, o exercício do tomador de decisão precisa sempre de elementos que pautem as orientações dadas aos indivíduos. Caracterizar o problema que está exigindo, compreender o ambiente, identificar os impactos inerente tudo faz parte do processo decisório e tudo isso é papel do administrador, este processo tem vários momentos e deve ser todos executados, cada um desse momentos se caracteriza como um complexo processo de tomada de decisão, a teoria de decisão pode ajudar, em muito, o processo administrativo nas empresas. Todo o processo decisório é composto por partes como a identificação do problema, passando pela indicação dos critérios, a analise dos mesmo, geração de alternativas até chegar na solução ideal para o problema existente que necessita de uma solução.

A comunicação é método primordial para o sucesso das decisões bem como para o implantação do sistema do SIG, entretanto para que a comunicação seja eficaz, é necessário que no mínimo, respeite os princípios de clareza e de integridade, bem como de utilização adequada da estrutura informal, ou seja, deve ser incorporada pela empresa. O planejamento ferramenta que deve existir em toda empresa é composto por várias etapas e no processo de SIG a estrutura deve ser composta também por PSDI, um instrumento que possibilita a obtenção de uma visão global da empresa. Por esse razão, deve-se procurar, na elaboração desse plano, a participação efetiva das várias unidades organizacionais para possibilitar a sustentabilidade da organização.


Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    celina celina

    Administradora, Especialista em Rh.

    Exibir