voltar para Produção Acadêmica

Alianças estratégicas no contexto dos agroecossistemas sustentáveis da Amazônia: uma abordagem teórico-metodológica de gestão

Tem sido um desafio secular e histórico a criação de modelos de gestão capazes de fazer o aproveitamento sustentado dos recursos naturais amazônicos, especialmente o de evitar o tradicional sistema de derruba-e-queima na preparação do solo para plantio por parte dos produtores de comunidades locais. Sob a perspectiva agroecossistêmica, alianças estratégicas entre produtores locais, agentes do setor público, instituições tecnológicas e outros stakeholders parecem apresentar grande probabilidade de sustentar um modelo de gestão compatível com a realidade amazônica, especialmente a cultura local. No caso amazônico, as alianças permitiriam a conjugação dos conhecimentos das comunidades locais sobre os recursos naturais com as ferramentas tecnológicas (principalmente gerencial) suficientes e necessárias para o seu aproveitamento sustentado. Nessa perspectiva, este estudo busca identificar os aspectos do processo de formação e gestão de alianças estratégicas capazes de estruturar um modelo de gestão agroecossistemicamente sustentável para a adoção de tecnologias voltadas ao manejo da capoeira (técnica de corte e trituração) sem utilizar o uso do fogo. O modelo de gestão, com a finalidade de orientar a agricultura para a sustentabilidade, apresenta vertentes multidimensionais centradas simultaneamente na sustentabilidade econômica (potencial de renda e trabalho e acesso aos mercados); ecológica (manutenção e melhoria da qualidade de recursos naturais e das relações ecológicas de cada ecossistema); social (inclusão das populações mais pobres e segurança alimentar); cultural (respeito às culturas tradicionais); política (organização para mudança e participação nas decisões) e ética (valores transcendentes).

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    Daniel Nascimento-e-Silva

    Sou professor e pesquisador de Administração, vinculado ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas. Atuo desde o ensino médio ao mestrado. Sou professor efetivo do Curso de Mestrado em Educação Profissional e Tecnológico do IFAM, Campus Manaus Centro, e colaboro com diversos programas de mestrado e doutorado em várias áreas do conhecimento.

    Exibir