voltar para Produção Acadêmica

Administração: antes invisível, hoje afetando pessoas e suas vidas

Este texto trata de mudanças que já ocorreram. Portanto, de mudanças a cujo respeito os executivos podem e devem agir, segundo Peter F. Drucker

Este texto trata de mudanças que já ocorreram. Portanto, de mudanças a cujo respeito os executivos podem e devem agir, segundo Peter F. Drucker. E daquilo que eles podem e devem criar – o futuro. Não é difícil prever o futuro – só que não é impotante, pois as mudanças mais significativas são aquelas que acontecem sem que ninguém as preveja. Em mil novecentos e eoitenta e cinco, ninguém previu – nem poderia ter previsto – que a Europa unificada de mil novecentos e noventa e cinco estaria mais fraca que a Europa dividida de mil novecentos e oitenta e cinco, nem o crescimento econômico explosivo da China, ocorrido não devido à sua política governamental, mas apesar dela. Outro fato imortante é que não se pode tomar decisões para o futuro, pois elas são compromissos com ações e estas sempre se dão no presente. Por outro lado, as ações no presente também são a única maneira de se criar o futuro. Os executivos são pagos para executar, isto é, agir com eficácia. Mas somente podem fazê-lo tendo em vista o presente e explorando as mundaçãs que já ocorreram. O texto aborda o trabaho do executivo – a administração – e as mudanças que colocam em questão as hipóteses e práticas que até agora eram dadas como certas. A seguir, o texto analisa as impolicações e como supoerte da organização. No meio, é examinada a economia mundial, onde existem novos centros de poder, novos mercados e novas indústrias em crescimento. No final, o texto analisa as mudanças ocorridas na sociedade e no governo, nas quais este tem tido, ao mesmo tempo, grandes sucessos e supremos fracassos. Combina uma compreensão aguda das forças sócioeconômicas com critérios referenciados em Drucker a respeito de como os líderes podem transformar turbulências em oportunidades. Ao longo dos últimos setenta anos estas referências se tornaram obrigatórias e prazerozas para os líderes em todas as grandes culturas.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    Cláudio Gama

    Analista Técnico em Gestão Governamental na função de Administrador no Governo do Estado de Santa Catarina/Secretaria de Estado da Casa Civil - SCC. Especialista em Gestão Pública pela Faculdade Municipal de Palhoça-SC. Curso de Especialização em Gestão em Saúde pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (concluído sem obtenção do título). Administrador formado pela Universidade Federal do Paraná- UFPR. CRA-SC nº 24.673. Tecnólogo em Gestão Pública formado pela UFPR. CRA-PR nº 200.185 e CRA-SC nº 600.285. Técnico em Gestão Pública com ênfase em Administração Municipal formado pela UFPR.

    Exibir