voltar para Produção Acadêmica

A UTILIZAÇÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO COMO TÉCNICA DE OTIMIZAÇÃO DOS RESULTADOS ADMINISTRATIVOS E OPERACIONAIS NO ÂMBITO DA ADMINISTRAÇÃO DA HIDROVIA DO SÃO FRANCISCO - AHSFRA.

De acordo com Anuário Exame 2004-2005 – Infra Estrutura (2004), o volume de recursos financeiros investidos no setor econômico conhecido como Infra-Estrutura (Energia, Petróleo e Gás, Saneamento Básico, Telefonia e Transporte) tem sido objeto de debate um tanto intuitivo entre o Governo Federal e as Entidades Empresariais. Estas a reclamar falta de empenho do Governo, que por sua vez alega que, mais que trabalhado duro, tem liberado verbas em volumes razoáveis para o setor, perdendo-se então tempo precioso em discussões, onde números e prioridades apresentam-se totalmente divergentes, à mesa de negociações. O presente trabalho busca então verificar, se o volume de recursos alocados nos últimos anos tem sido objeto de adequado planejamento visando a sua otimização. Visto que o campo da Gestão e do Planejamento, notadamente o Planejamento Estratégico, a partir da década de 50 do século passado, tem sido pródigo em inovações que vêm se colocando na ordem do dia, no âmbito das organizações tanto públicas quanto privadas, em suas esferas sociais, políticas e organizacionais.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    Zildo Araújo

    Administrador, CRA-MG 36.364, Graduado Bacharel em Administração pela Universidade Estadual de Montes Claros, Pós-Graduado Especialista em Sociologia e Política, e Especialista em Gestão Pública, também pela Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes -, na cidade de Montes Claros, região Norte do Estado de Minas Gerais, com formação complementar em História e Cultura Afro-Brasileira e Africana, pelo MEC/Agere/FINOM, Paracatu-MG, e em Desenvolvimento Gerencial e Gerenciamento de Projetos, pela FGV-Rio de Janeiro-RJ.
    e-mail: zildo.poswar@gmail.com


    Exibir