voltar para Produção Acadêmica

A Transição do Milênio Quebrando Paradigmas

Muitos empresários defendem o modelo sistemático racional, de regras, condutas e normas, como a maneira correta de se conduzir uma organização e seus empregados, condenando quaisquer medidas que sejam tomadas fora de seus padrões. No entanto, será mesmo que a maneira “correta” defendida por esses empresários é o que conduz uma empresa a prosperidade? Ou será que é exatamente os devaneios, os “jeitinhos”, a quebra de paradigmas, que fazem a organização avançar de forma efetiva?