voltar para Produção Acadêmica

A importância da intersetorialidade na melhoria dos serviços prestados pelo Sistema de Abastecimento de Água do município de Santa Rita do Trivelato – MT, no período de 2007 a 2008

O programa de vigilância ambiental em saúde, relacionado à qualidade da água para consumo humano (VIGIAGUA) é parte integrante da vigilância em saúde ambiental e consiste no conjunto de ações adotadas para garantir que a água fornecida para a população atenda ao padrão estabelecido na legislação vigente, avaliando os riscos que seu consumo representa para a saúde humana. Os Sistemas de Abastecimento de Água (SAA) apresentam combinações de unidades que se integram com o propósito de abastecer a população fornecendo água encanada, no entanto, não existe um arranjo físico específico e fixo que caracterize um SAA. De acordo com o Ministério da Saúde, toda inspeção sanitária é considerada um registro e, portanto, deve ser bem documentada, além de requerer a elaboração e a padronização de roteiros de inspeção, documentação fotográfica e, quando necessário, a realização de análises laboratoriais da água. O município de Santa Rita do Trivelato MT se localiza a aproximadamente 330 Km de Sinop, sede do Escritório Regional de Saúde de Sinop (ERSS), sua população estimada é de 2.478 habitantes. Este trabalho objetivou verificar se houveram melhorias na prestação de serviços em água no município de Santa Rita do Trivelato MT, utilizando como ferramenta o relatório técnico de inspeção sanitária 2007 e 2008. O SAA, intitulado DAE (Divisão de Água e Esgoto), presta serviços de captação, tratamento e distribuição de água de forma convencional, antes vinculado a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), hoje administrativamente ligado a Prefeitura, na forma de administração pública direta, conta com captação de 03 mananciais subterrâneos: 02 com 100 mts de profundidade e 01 com 60 mts, além de um reservatório com capacidade para 30.000 lts. Foram observadas as atividades desenvolvidas em concordância com o programa VIGIAGUA, através da operacionalização do tratamento, armazenamento e fornecimento da água. Durante a inspeção de 2008, identificamos modificações no âmbito administrativo,

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.

    Bruno Pereira

    Entre e confira novidades: TREINEIROS BRASIL

    Bruno de Oliveira, 25 anos, casado, administrador, professor de cursos preparatórios para o comércio voltados para a área administrativa e empresarial.

    Graduado em Administração pela Universidade do Estado de Mato Grosso (2008).

    Atualmente é Gerente de Vigilância em Saúde (Escritório Regional de Saúde Sinop - SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE/MT).

    Exibir