Web Fashion Day chega para movimentar o comércio eletrônico

Primeira edição da ação irá promover descontos em artigos de moda e beleza das maiores lojas e principais marcas no dia 11 de abril

As categorias de moda e beleza são proeminentes no atual cenário do e-commerce brasileiro . Por isso, estes são os dois grandes focos do Web Fashion Day, promoção que dará descontes em itens desses etores, com a primeira edição acontecendo em abril. A iniciativa é do Busca Descontos, portal que reúne cupons de desconto grátis de vários e-commerces do Brasil e responsável também pelos principais eventos do setor, como o Black Friday, Boxing Day e Brasil Game Day.

Nesta primeira edição, o evento conta com uma novidade: a pré-abertura, na qual serão enviadas ofertas exclusivas das lojas participantes apenas na base do Busca Descontos ou para os usuários que se cadastrarem por meio do site. A fase VIP será entre os dias 7 a 10 de Abril. Já o evento aberto ao público terá duração de 24 horas, começando à 0h do dia 11 de abril no próprio site dação.

“O Web Fashion Day está marcado para um período importante: o de troca de coleção. Nossa intenção é criar um marco que auxilie ainda mais os lojistas nesse processo, além de chamar a atenção dos consumidores para as oportunidades que o período traz”, explica Patricia Soderi, diretora de Novos Negócios do Busca Descontos, que ressalta ainda a proximidade da data acontece com o Dia das Mães, já tradicional pico de vendas no varejo e que ocorre três semanas depois. Além das roupas e acessórios, cosméticos e outros produtos de saúde e beleza também têm grande procura nesta época.

Um recente estudo da Forrester Research aponta uma maturação nos consumidores de e-commerce no Brasil, chegando justamente na “terceira fase” desse amadurecimento – justamente aquela que traz as compras de moda e beleza. Isso é confirmado com a última pesquisa WebShoppers do ebit, com números de 2013, que coloca justamente a categoria de ‘Moda e Acessórios’ como a de maior volume de vendas, com 19%, seguida diretamente por ‘Cosméticos e Perfumaria / Cuidados Pessoais / Saúde’, com 18%. Ambas as categorias cresceram com relação à pesquisa anterior, do primeiro semestre, enquanto ‘Eletrodomésticos’ teve a porcentagem diminuída.

Além disso, dados de uma pesquisa realizada pela e.Bricks Digital, em parceria com a M.Sense, no último ano revelaram que a venda de produtos de moda havia crescido 50% em 18 meses. Outro dado importante do estudo é que 63% das mulheres e 65% dos homens compram roupas na internet pelo menos duas vezes ao ano.

“A barreira para este tipo de compra já caiu, basta agora incentivar cada vez mais os e-consumidores”, aponta Patrícia, que vê justamente a diferença no ticket médio das categorias ‘moda e acessórios’ e ‘cosméticos, saúde e beleza’ com relação a outras como uma oportunidade de crescimento aos varejistas. “Os homens têm um ticket médio com roupas de R$ 163, enquanto as mulheres têm de R$ 148, de acordo com os dados do e.Bricks. Por outro lado, o ticket médio geral na internet é de R$ 359,49. Há ainda um enorme potencial de crescimento”. Para o executivo, isso será alcançado justamente como promoções e ações como o Web Fashion Day, já que o último WebShoppers revela que 82% dos entrevistados vem os preços mais baixos como um estímulo para comprar online de forma mais constante.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.