Vendas de TV no Brasil crescem mais de 60% nas semanas anteriores à Copa do Mundo

Grande parte deste aumento originou-se das telas de plasma que registram preço bastante inferior à TV de LCD do mesmo tamanho

Um levantamento realizado pela GfK aponta que a partir da segunda quinzena de maio de 2014 a venda de TVs no Brasil registrou um crescimento semanal acima de 60% em relação a igual período do ano passado.

Outro dado que diferencia os consumidores brasileiros em relação aos demais é que eles preferem TVs com telas maiores e tecnologia mais barata. A participação dos aparelhos com mais de 50’’ no mercado nacional cresceu de 18,6% para 27,3%, entre final de março e final de maio deste ano.

Grande parte deste aumento originou-se das telas de plasma que registram preço bastante inferior à TV de LCD do mesmo tamanho. Enquanto a vendas de plasma iguais ou acima de 50’’ representam 64,5% do total, as de LCD somam 35,5%. O aumento de vendas de TVs coincide com a desaceleração registrada nas vendas de smartphones e notebooks.

O Painel também indica que houve aumento nas vendas de TVs nos cinco países da Europa com seleções importantes no campeonato – Espanha, Itália, Inglaterra, Alemanha e França. Mas quando comparadas as vendas semanais em relação a 2013, o mercado europeu se mostra mais saturado do que os países da América Latina (Argentina, Chile e Brasil), que registraram crescimento acima de 50%.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.