Trend Micro encontra golpes envolvendo venda de ingressos para Copa do Mundo

A última fraude identificada envolve a venda de entradas por site que não dispõe da autorização comercial e tão pouco dos ingressos

A Trend Micro – empresa atuante no ramo de soluções de segurança em nuvem – identificou ameaças que usam a Copa do Mundo 2014 como objeto principal para o golpe. A empresa já chamou atenção para golpes sendo aplicados através de malwares que utilizam o evento para se instalarem em computadores pessoais e prejudicar usuários.

A última fraude identificada envolve a venda de entradas por site que não dispõe da autorização comercial e tão pouco dos ingressos. Entradas para as finais da Copa estavam sendo vendidas por até R$ 8.630,20. O preço é 4.000% maior que o oficial no site da FIFA.

Um usuário brasileiro comprou alguns ingressos, mas reportou que não recebeu nenhuma entrada para a partida entre Portugal e Alemanha. A vítima se queixou em um site de reclamações, chamando à atenção para o fato do falso site não fornecer nenhum número de telefone para contato.

O endereço foi registrado em maio de 2013 na Espanha, mas não possui um dono em específico. O site aceita o pagamento via sistema legítimo de compra e venda, utilizando serviços conhecidos que atuam no país. Esse caso é um exemplo de como diferentes serviços legítimos (servidores, registro de domínios, sistemas de pagamento online) podem ser usados de maneira fraudulenta para enganar vítimas pelo mundo.

“Nós protegemos nossos clientes, bloqueando sites fraudulentos que nós encontramos por aqui. Nós também gostaríamos de lembrar os usuários de não visitarem sites falsos como esse, e lembrar que somente a FIFA está autorizada a vender ingressos para os jogos da Copa do Mundo”, diz Fernando Mercês, pesquisador da Trend Micro.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.