Café com ADM
#

Tecnologias da Comunicação e da Informação: novas formas de aprendizagem

As Tecnologias da Comunicação e da Informação, como a internet, TV digital e mídias móveis, são responsáveis pelo crescimento cada vez maior das formas de acesso à informação

Inseridos na sociedade do conhecimento, experimentamos o consumo de conteúdos de modo cada vez mais sutil. Notícias, publicidades, orientações sobre localização geográfica, dicas de restaurantes e comércio surgem diante de nós de forma quase osmótica, sem que seja necessário adquirir um informativo ou solicitar o envio de um boletim ou newsletter.

Sem querer, você já leu o outdoor, o banner eletrônico, o SMS, as mídias do Metrô ou o anúncio que abre a sessão do cinema. As Tecnologias da Comunicação e da Informação (conhecidas pela sigla TIC), como a internet, TV digital e mídias móveis, são responsáveis pelo crescimento cada vez maior das formas de acesso à informação.

Podemos observar que na sociedade em rede, a informação é matéria prima e as tecnologias são desenvolvidas para agir sobre a informação. Ter acesso a um volume cada vez maior de conteúdo nãosignifica que estamos formando indivíduos mais participativos ou intelectualmente desenvolvidos.

A transformação da informação em conhecimento, com potencial para instigar reflexões críticas e promover processos eficazes de educação demanda mais do que o acesso às TIC. Dentre os modelos de aprendizagem que se utilizem das novas TIC, devemos destacar a internet, TV digital e mídias móveis, pois possuem o potencial para ampliar o acesso da população à educação e promover a inclusão digital. Além de habilidades mínimas para operar as novas mídias, é necessário um nível de conhecimento que garanta a compreensão dos potenciais das mesmas, seja para efetuar a busca por uma informação específica, realizar pesquisas ou participar da construção de conteúdos e softwares de modo colaborativo.

Sendo que um dos desafios do século XXI é tornar os profissionais cada vez mais capacitados a diagnosticar, procurar respostas e solucionar problemas para as modalidades de e-learning e m-learning (aprendizado concedido através das mídias móveis, como o celular). Neste intuito, a SOU, empresa de serviços voltada ao desenvolvimento de pessoas, oferece cursos e-learning através de um ensino de qualidade com flexibilidade de local e horários. Vale salientar que a utilização das novas mídias tende a promover modelos educacionais cada vez mais dinâmicos e interativos, utilizando de um método colaborativo dos alunos, que oferece aprendizagem a qualquer hora, em qualquer lugar.

A utilização das novas mídias tende a promover modelos educacionais cada vez mais dinâmicos e interativos, focados em modelos de educação híbrida, ou seja, que utilizam métodos presenciais e à distância na produção colaborativa dos alunos e na aprendizagem a qualquer hora e em qualquer lugar. A educação a distância e os processos de aprendizagem relacionados ao conceito de educação híbrida (blended learning) configuram-se como um modelo de educação que tendem ao crescimento, uma vez que se adaptam às transformações sociais, econômicas e tecnológicas que caracterizam a sociedade doconhecimento.

Os nativos digitais, geração que nasceu conectada à internet, vão demandar cada vez mais processos de educação que atendam às suas necessidades de aprendizagem. A transmissão de conteúdos deve ser realizada, portanto, a partir de recursos multimídias e interativos, num processo construído de forma colaborativa e contínua por alunos e professores. A utilização das novas mídias tende a consolidar um modelo EAD com linguagem própria em relação ao presencial, uma vez que será necessário criar novas formas de transmissão de conteúdos e não simplesmente transpor formatos utilizados em sala de aula para o ambiente virtual.

Neste momento, faz-se necessário pesquisar quais são as aplicações interativas mais viáveis para serem desenvolvidas para a transmissão da EAD nas novas mídias, levando em conta as determinações técnicas, como questões relacionadas à mobilidade, portabilidade, usabilidade e ao novo perfil do aluno que atua no processo de emissão de conteúdos.

Desse modo, a utilização dos potenciais das TIC, de modo cada vez mais expressivo pelos modelos de educação, caracterizando novos formatos de educação presencial e a distância, apresenta-se como uma das alternativas viáveis para atender a uma das demandas básicas para o desenvolvimento social e econômico de um país: a educação.

Natália Casanova é graduada em comunicação social pela Universidade Metodista de São Paulo e analista de projetos da SOU.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.