Samsung altera política de smart TVs após ser acusada de espionagem
Samsung altera política de smart TVs após ser acusada de espionagem

Samsung altera política de smart TVs após ser acusada de espionagem

A empresa alegou que tudo não passou de um mal-entendido e explicou os recursos e suas utilidades

18 fevereiro 2015

A Samsung alterou a política de privacidade de suas smart TVs após alguns sites internacionais divulgarem que os aparelhos estariam gravando informações e dados de usuários sem a devida permissão. O Daily Beast, por exemplo, alertou que a privacidade de muitos usuários pode estar sendo invadida por conta dos microfones instalados em alguns modelos de TV da empresa. Esses microfones são utilizados para captar os comandos dos usuários, como baixar o volume ou mudar de canal.

No site da Samsung, o guia de privacidade dessas TVs orientava que os clientes tivessem um cuidado com "informações sensíveis", pois elas poderiam ser repassadas a terceiros. “Por favor, esteja ciente que se suas palavras incluírem dados pessoais ou outras informações sensíveis, essa informação estará entre os dados capturados e transmitidos para terceiros pelo uso do reconhecimento de voz”, alertava o anúncio.

A Samsung alegou que tudo não passou de um mal-entendido. Com isso, a própria empresa alterou os texto das políticas de privacidade no site, substituíndo o texto antigo por uma explicação mais elaborada.

“A Samsung talvez colete e o seu aparelho talvez capture comandos de voz e textos associados para que nós possamos fornecer as funções de reconhecimento de voz e avaliar e melhorar o sistema. A Samsung vai coletar os comandos de voz interativos apenas quando você fizer uma requisição de busca específica para a smart TV, apertando o botão de ativação no controle remoto ou na tela, e falando no microfone do controle remoto”, diz agora a página da empresa na internet.

Finalizando o caso, a Samsung alegou que o microfone do controle remoto precisa sim de interação com um servidor para, enfim, buscar e oferecer serviços como guias de programas específicos ou assuntos de interesse do cliente.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.
    café com admMinimizar