Resultados da Ericsson abaixo das expectativas por unidade de redes

A margem bruta ficou em 37,1 por cento, ante uma previsão de 36.7 por cento

A fabricante de equipamentos de telefonia móvel Ericsson registrou vendas e lucro
operacional abaixo do esperado no quarto trimestre, e afirmou nesta
quinta-feira que os projetos de rede na China e na Rússia não compensaram as
baixas vendas na América do Norte e Japão.

Após a recessão global, as vendas da importante unidade Networks começaram a se
recuperar gradualmente, mas uma leve queda anterior, devido ao encerramento de
grandes projetos, levaram à queda das receitas, o que não foi compensado pelo
crescimento em outras regiões.

As vendas em redes caíram 1 por cento no trimestre, ante igual período do ano anterior,
mesmo com as receitas tendo um impulso do acordo de patentes com a coreana
Samsung, e a margem operacional da empresa ficou abaixo das expectativas.

O lucroda Ericsson antes de juros e impostos ficou em 9,1 bilhões de coroas suecas
(1,4 bilhão de dólares) comparado com 4,8 bilhões um ano antes, excluindo as
joint ventures da empresa, abaixo da previsão de 9,9 bilhões em uma pesquisa da
Reuters.

As vendas ficaram em 67 bilhões de coroas, contra uma previsão de 69,3 bilhões. As vendas
e o lucro foram impulsionados pelo acordo de patentes de 4,2 bilhões de coroas
com a Samsung.

A margem bruta ficou em 37,1 por cento, ante uma previsão de 36.7 por cento.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.