Recessão se aprofunda na Alemanha

PIB recuou entre 1,5% e 2% no quarto trimestre. Em 2008, maior economia européia cresceu 1,3%

A recessão na Alemanha se agravou no quarto trimestre de 2008, com uma queda do Produto Interno Bruto (PIB) entre 1,5% e 2% em comparação ao terceiro, de acordo com a primeira estimativa divulgada pelo Escritório Federal de Estatísticas (Destatis) nesta quarta-feira (14).

A maior economia européia entrou tecnicamente em recessão no outono (hemisfério norte), após dois trimestres consecutivos de queda do PIB.


Em 2008, o PIB da Alemanha registrou alta de 1,3% em 2008 – praticamente a metade dos 2,5% registrados em 2007 - em uma clara desaceleração na comparação com os anos anteriores, de acordo com dados provisórios do Destatis. Os dados precisos sobre o quarto trimestre serão anunciados em fevereiro.

O governo acreditava em um crescimento de 1,7% para o último ano, mas recebeu sem surpresa os números do Destatis, dada a rápida degradação da conjuntura econômica nos últimos seis meses.

As exportações, tradicional motor da economia alemã, cresceram apenas 3,9% ano passado, depois de uma alta de 7,5% em 2007.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.