Qual o seu “Plano B” para sua aposentadoria e carreira? Consultoria é uma excelente opção!
Qual o seu “Plano B” para sua aposentadoria e carreira? Consultoria é uma excelente opção!

Qual o seu “Plano B” para sua aposentadoria e carreira? Consultoria é uma excelente opção!

Se você ficar desempregado ou mesmo desejar seguir uma carreira fora das empresas, você tem um Plano B?

O conceito de aposentadoria começou há 130 anos com o decreto que regulamentou a aposentadoria dos profissionais que trabalhavam para os Correios.

Quando o conceito foi desenhado, a expectativa de vida era de 34 e no máximo 40 anos, e se esperava que uma pessoa utilizasse no máximo de 5 a 10 anos do benefício. Segundo o IBGE, a expectativa de vida de um brasileiro que nascer este ano é de no mínimo 80 anos para mulheres e de 73 anos para homens. Ou seja, em 100 anos dobramos a expectativa de vida, mas não preparamos a arrecadação para pagar por 40 a 50 anos a mais de pensão.

O déficit do regime Geral da Previdência Social (RGPS) entre janeiro e novembro de 2018, dado mais recente divulgado pela Secretaria da Previdência, chegou a R$ 186,3 Bilhões, o maior da história até o momento. E a conta vai ficar a cada ano maior, até que em 10 anos seja impagável. E não adianta criar critérios para aumentar o tempo de contribuição, a conta continuará impagável, pois a população está ficando cada vez mais velha. A solução que os governos terão que utilizar será achatar os pagamentos. A fórmula será simples: identifica-se o percentual da sua pensão no total de arrecadação do mês, se subtrai as novas entradas, e esse será o seu valor de pensão. E em menor escala esse fenômeno já aconteceu com os Montepios militares do passado, onde o pagamento de pensões chegou a centavos de reais.

Contudo, você realmente precisará se aposentar? Ou tem um Plano B?

Se você tem curso superior e experiência em uma indústria específica ou uma função técnica ou administrativa, você sempre terá lugar no mercado. Mas e se você ficar desempregado ou mesmo desejar seguir uma carreira fora das empresas, você tem um Plano B?

A carreira de consultoria propicia essa opção, pois para consultores não existe idade. Ou melhor, quanto mais velho você vai ficando, maior será o seu valor por hora.

Analisa comigo, por que uma empresa contrata alguém de fora da sua empresa para realizar uma mudança?

1. A empresa não sabe fazer

Com o advento de inteligência artificial, e tudo o que estará disponível no futuro, será muito difícil para uma empresa não saber fazer alguma coisa. Mas ainda será necessário “alguém” com experiência de ter feito para buscar os melhores caminhos. O profissional que trará a experiência que a empresa precisa para realizar a mudança será um ou mais consultores, que quando a mudança estiver realizada saem da empresa.

2. A empresa sabe fazer, mas não quer fazer

A questão política de uma mudança nunca estará fora da equação. Ainda será necessário que “alguém” assuma a “culpa” pelas mudanças, e quando esse profissional sair da empresa, com ele também saia a responsabilidade do que foi necessário fazer para mudar. Por exemplo, vamos dizer que uma empresa está em um mercado e deseja mudar para outro. Quando isso ocorre, existe a demissão de um contingente grande de profissionais, o que normalmente gera desgastes que os executivos preferem não ter. A consultoria entrará na empresa, fará o que tem que fazer, e quando ela finalizar o projeto e sair da empresa, saem com ela todas as referências sobre a demissão em massa ocorrida. Isso não vai deixar de existir.

3. A empresa sabe fazer, mas não tem braços para fazer

As mudanças vão acelerar nas empresas. O executivo terá que decidir se tira um profissional de sua atividade na empresa para auxiliar na implementação da mudança, mas se fizer isso pode comprometer o rendimento da empresa. Portanto a contratação de consultores para a execução de projetos com prazos definidos será sempre uma melhor opção.

A procura por consultores empresariais cresceu substancialmente em virtude de elementos como: crise, internacionalização, competitividade e transformação digital, que passaram a exigir das empresas, profissionais altamente qualificados e capazes de lidar com tais situações.

Por essa razão, muitos gestores, diretores, e até mesmo empresários com formação acadêmica e qualificação específica, viram nesse horizonte, uma excelente oportunidade de empreenderem como consultores.

A formação de um consultor tem fases e precisa ser orientada. A Thompson é uma empresa de consultoria internacional, desde 1994 no Brasil, e desenvolveu um processo inovador de buscar talentos no mercado. Esse programa já existe desde 2000 e já formou mais de 1.000 profissionais que hoje trabalham na Thompson, se transformaram em consultores ou conselheiros de empresas, ou mesmo estão trabalhando como executivos em clientes da Thompson.

A empresa, recentemente, desenvolveu um programa em formato EAD (Ensino à Distância) com 10 módulos que ensina as metodologias de trabalho necessárias para se desenvolver projetos de consultoria. Por se a distância, o profissional pode fazer o programa de sua casa, na velocidade que conseguir acompanhar as aulas e com um preço muito competitivo. Para mais informações entre no site.

Consultoria será cada vez mais uma carreira de futuro no mercado de trabalho!

Se você ainda não pensou em ser um consultor empresarial, coloque essa opção em seu radar. Aproveite e conheça, agora, a Formação de Consultores da Thompson.

café com admMinimizar