Café com ADM
#
Propaganda afirma que metrôs lotados são espaços para "xavecar a mulherada"
Propaganda afirma que metrôs lotados são espaços para "xavecar a mulherada"

Propaganda afirma que metrôs lotados são espaços para "xavecar a mulherada"

O spot de rádio foi veiculado em meio a prisões de passageiros por abuso sexual nos trens lotados

Os passageiros dos metrôs e trens de São Paulo enfrentam um momento delicado. Desde o início do ano, 23 pessoas foram presas por abuso sexual dentro dos transportes da CPTM. Neste clima de insegurança, uma peça publicitária sobre o metrô, veiculada na Rádio Transamérica irritou os paulistas na última terça-feira, 25.

Na propaganda, o personagem Gavião, do programa humorístico Papo de Craque fala sobre como os trens podem ser espaço para paquerar mulheres. "Nos horários de pico, é normal trem e metrô ficar lotado. É assim também nas grandes metrópole espalhada pelo mundo. Pra falar a verdade, até gosto do trem lotado, é bom pra xavecar a mulherada, né, mano? Foi assim que eu conheci a Giscreuza. Muito já foi feito, e o governo sabe que ainda tem muito pra fazer. Governo do Estado de São Paulo (sic)", diz o locutor.

No Twitter, a CPTM classificou o material como inapropriado. “O Metrô consultou a agência responsável pela publicidade e foi informado de que seu conteúdo não só estava em desacordo com o briefing (resumo) passado como também não fora aprovado", diz a nota.

Além disso, a empresa informou que processará a Rádio Transamérica FM pelo uso indevido e sem aprovação de seu nome em inserção testemunhal veiculada em programa da emissora.
 “Nem o Metrô nem a agência Nova SB, à qual a Companhia encomendou campanha sobre obras de expansão da rede metroviária, foram informados de que tal conteúdo seria veiculado pela Rádio Transamérica. O Metrô reitera que repudia o conteúdo veiculado pela Rádio Transamérica", diz o texto.

Já a assessoria de imprensa da rádio informou que todas as propagandas veiculadas são aprovadas pelos contratantes. Ouça o spot abaixo:



Com informações do Estadão

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.