Preços ao consumidor na China sobem no ritmo mais lento em 13 meses em fevereiro

Alguns analistas dizem que ao menos com a inflação claramente não apresentando ameaça, a China terá espaço para afrouxar políticas em busca de impulsionar a economia se for necessário

10 março 2014

Os preços ao consumidor da China subiram no ritmo mais lento em 13 meses em fevereiro, com a maior queda em mais de um ano no preço da carne de porco, num sinal de que a desaceleração do crescimento e não a alta dos preços apresenta um risco maior à economia do país.

O índice de preços ao consumidor avançou 2 por cento em fevereiro ante o ano anterior, informou a Agência Nacional de Estatísticas no domingo, exatamente em linha com as expectativas do mercado. Os preços da carne de porco recuaram 9 por cento.

E numa indicação de que a economia da China está lutando contra uma lentidão substancial, os preços ao produtor recuaram pelo 24º mês seguido ao apresentarem queda de 2 por cento, ante expectativa de recuo de 1,9 por cento.

Os dados fracos de preços podem alimentar as preocupações com a saúde da economia da China, depois do abalo provocado pelos números que mostraram queda forte inesperada nas exportações do país.

Alguns analistas dizem que ao menos com a inflação claramente não apresentando ameaça, a China terá espaço para afrouxar políticas em busca de impulsionar a economia se for necessário.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.
    café com admMinimizar