Planejamento: entenda como ampliar perspectivas para manter o crescimento da sua empresa
Planejamento: entenda como ampliar perspectivas para manter o crescimento da sua empresa

Planejamento: entenda como ampliar perspectivas para manter o crescimento da sua empresa

O projeto de desenvolvimento de liderança da empresa é o segredo para garantir a perpetuidade do negócio e crescimento do mesmo

Crise é uma palavra que temos escutado com bastante frequência e nos mais diversos setores. Mas será que esse termo não fez com que algumas empresas e seus gestores apenas se "acomodassem" a esta questão, tomando-a como desculpa em meio ao desânimo e preocupação? Segundo o Codace, Comitê de Datação de Ciclos Econômicos da Fundação Getúlio Vargas, está cada vez mais claro que o Brasil vive o mais lento ciclo de retomada econômica da história. E a minha pergunta é: o que você está fazendo para mudar isso e continuar alavancando a sua empresa?

Você deve ter se questionado diversas vezes se é mesmo possível crescer em meio às dificuldades econômicas que o nosso país vem enfrentando e te respondo que é possível sim. Para que isso aconteça, você deve ter um planejamento sério, estruturado, com poucos achismos, muitas horas de trabalho árduo e um pouco de sorte - para quem acredita nela. O maior desafio é sempre o próximo, afinal, manter uma expectativa de crescimento ano após ano nos faz parar e pensar se vamos conseguir. Nesse caso, respire fundo e siga em frente. Entenda que é importante manter os clientes atuais e os seus contratos amarrados, garantindo a qualidade das entregas e olhando com seriedade o mercado ao seu redor. Planeje quais setores ainda quer atender e vá atrás de novos contratos para manter sempre a crescente.

As vantagens de nos mantermos ligados aos clientes durante tanto tempo é que aprendemos a falar a sua língua, sabemos os seus gostos, a forma de agir, entendemos profundamente os processos internos e isso traz agilidade e qualidade na entrega. Além disso, contratos de longo prazo dão estabilidade para novas contratações, para manter equipes motivadas, traçar metas tangíveis de crescimento interno e ajudar a manter o fluxo de caixa mais estável. Entretanto, manter os clientes sempre satisfeitos é o maior desafio, pois precisamos acreditar que vamos nos superar a cada novo projeto, além de estarmos por dentro das tendências e termos o melhor do nosso segmento sempre a disposição.

Por falar em novas contratações e equipes motivadas, o projeto de desenvolvimento de liderança da empresa é o segredo para garantir a perpetuidade do negócio e crescimento do mesmo. Sempre digo que se a companhia permanecer sendo sempre "de um dono" o mercado diminui, as possibilidades reduzem e a organização morre. Aprendi a duras penas - visto que caminho pela vida com alguns problemas de saúde - que se não confiar no meu time e não preparar a liderança para assumir cada dia mais espaço no meu negócio, ele vai ruir. Por isso, há quase dois anos, investimos em uma clínica corporativa que, semanalmente, dá atendimento individual e em grupo aos nossos líderes, com a finalidade de criar ambiente de confiança e assim maior cooperação entre as diferentes áreas. Isto tem sido fundamental para melhorar o resultado da empresa, por meio da satisfação das pessoas. Com a vitalidade psíquica obtemos melhores resultados financeiros, maior confiança entre as pessoas, aumentando nível de cooperação para lidar com um ambiente extremamente volátil, incerto, ambíguo e complexo. Além disso, periodicamente patrocinarmos cursos específicos e técnicos de cada uma de nossas áreas.

Outro ponto muito importante, que está ganhando cada vez mais espaço e que não podemos deixar de lado é o "espírito da época" ou - conhecido em alemão como - "zeitgeist", que é o termômetro do que está acontecendo na cultura e na sociedade. É preciso inserir as marcas nas conversas de seus stakeholders. Vivemos tempos de polarização: de um lado, o avanço da sociedade sobre pautas progressistas como a igualdade de gênero; de outro, a retomada de valores conservadores e protecionistas. Esta foi uma das visões, além das demais citadas acima, que fez com que o meu negócio prosperasse 200% nos últimos três anos e começasse 2019 com 55 projetos em andamento.

Mas não apenas isso, devemos pensar em estar sempre em constante evolução. Entenda que uma empresa precisa ter dentro de casa a sua visão, valores e o discurso de quem são. Eu escolhi diferenciar o meu negócio através da diversidade, inclusão e sustentabilidade. Esta é a concretização de nossos sonhos, são valores que tornamos em selo para nos diferenciarmos do mercado com verdade e comprometimento. As grandes corporações, que são alvo de nossas metas de crescimento, têm cada dia mais a preocupação de estarem respondendo às metas globais de suas empresas, compliance, além de garantir que seus negócios tenham um impacto "limpo" na sociedade onde estão instaladas. Estamos no mercado para ajudar nossos clientes a descobrirem como podem realizar suas atividades, gerando o menor impacto possível ao planeta e incluindo diversidade. E a sua empresa, qual é o propósito e diferencial dela no mercado? Já pensou nisso?

Mônica Schimenes, 45 anos, formada em Comunicação Social - Relações Públicas, pela Fundação Cásper Líbero, é fundadora e CEO da MCM Brand Group, grupo de comunicação integrada e atuação nacional e internacional, comprometido com a performance e responsável com a diversidade e inclusão. A empresária contempla mais de 20 anos de experiência em gerenciamento de marketing, comunicação e eventos, conquistou um portfólio sólido de clientes e importantes relacionamentos institucionais. Pelo programa SEBRAE no Pódio, foi para Londres, onde qualificou o seu negócio internacionalmente, para atender eventos de grande porte. Esse legado foi espalhado no Brasil, com parte do Comitê de Equidade Racial e de Gênero para as Olimpíadas Rio 2016. Em 2017, conseguiu elevar a empresa graças ao Programa de Mentoria para Fornecedores de Diversidade da Monsanto, pelo qual foram selecionados. Durante todos esses anos de caminhada, Schimenes se associou e fez parcerias com diversas ONGs, como a Integrare (Centro de Integração de Negócios), Sebrae no Pódio, WeConnect International (empreendedorismo feminino - mulheres e empreendedoras pelo mundo inteiro), Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+. Em 2018, Mônica realizou duas importantes palestras, uma delas foi na I Conferência Regional sobre a diversidade e inclusão de fornecedores para a América Latina e Chile - do WEConnect International - e a outra no Evento de Celebração da assinatura BASF com os compromissos da ONU Mulheres. Para este ano, a empresária terá participação no She2B, programa de desenvolvimento de fornecedoras da P&G e WEConnect International. Alguns dos clientes atendidos em sua empresa são: IBM Brasil, Stefanini, Red Hat, BASF, Nextel, Dell, Monsanto, Mizuno, Unilever, entre outros.

ExibirMinimizar
Digital