Pirelli dará férias coletivas para 2,2 mil funcionários, diz sindicato

Empresa não confirmou número nem data das férias. Segundo sindicato, férias são forma de evitar demissões.

O Sindicato dos Borracheiros da Grande São Paulo afirmou nesta quarta-feira (4) que a fabricante de pneus Pirelli vai conceder férias coletivas a 2,2 mil trabalhadores da fábrica da empresa em Santo André (SP).

De acordo com o sindicato, a medida abrange 1,8 mil trabalhadores da área de produção e outros 400 do setor administrativo. Segundo a instituição, as férias coletivas são uma forma de evitar demissões, em meio ao momento de crise financeira e econômica internacional.


Procurada, a Pirelli não confirmou os números nem as datas exatas das férias. A empresa informou apenas que "irá concentrar as férias coletivas dos trabalhadores das principais fábricas durante o período do Carnaval. Após esse período de feriado, os trabalhadores voltarão ao trabalho normalmente".

Período

Ainda segundo o sindicato, o período de férias coletivas será dos dias 19 de fevereiro até 6 de março. A organização afirmou que a Pirelli alegou que possui estoque para 34 dias, nível considerado elevado pela empresa, e que a opção de oferecer férias coletivas visa reduzir os estoques.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.