Café com ADM
#

Morre mulher agredida por justiceiros após boato na internet

Moradores do Guarujá lincharam vítima por acharem que ela era uma sequestradora de crianças, conforme “denunciava” uma postagem no Facebook

Morreu nesta segunda-feira (5) Fabiana Maria de Jesus, de 33 anos, vítima de agressões cometidas por um grupo de moradores do Guarujá/SP. O linchamento teria sido motivado por um boato lançado na internet, que a acusava de ser responsável por supostos sequestros de crianças na região. Nenhum dos justiceiros ainda foi identificado.

A assessoria de imprensa do hospital Santo Amaro, que atendeu Fabiana, informou à redação do Administradores.com que ela deu entrada na unidade no sábado à noite, com traumatismo craniano. Em estado classificado pela equipe médica como gravíssimo, a mulher foi encaminhada diretamente para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), mas não resistiu.

O boato que teria dado origem à agressão, segundo o portal R7, se espalhou na internet graças a um falso retrato falado. De acordo com o site, porém, a imagem faz parte de uma investigação de 2012 e não há comprovação de que se trata da mesma mulher. Outra peça que circulou na internet sobre o mesmo caso usa uma imagem de uma fanpage de humor chamada “Jaciara Macumbeira”.

A página “Guarujá Alerta”, que segundo comentários de alguns dos seus próprios seguidores, teria compartilhado a imagem e ajudado a espalhar o boato, publicou uma breve mensagem nesta segunda-feira:

EM BREVE ENVIAREMOS UM NOTA AOS SEGUIDORES

 POR ORA, ESTAMOS COLABORANDO COM AS INVESTIGAÇÕES,
 SENDO ASSIM, NÃO NOS MANIFESTAREMOS SOBRE ESSE ASSUNTO PARA NÃO ATRAPALHARMOS O TRABALHO DA POLÍCIA.

 MUITO OBRIGADO.

A própria página “Guarujá Alerta” fez outras postagens dizendo que a denúncia se tratava de um boato e que não havia registros na polícia de crianças sequestradas na região.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.