Miguel Nicolelis apresenta tecnologia que vai permitir a paraplégico dar o pontapé inicial da Copa
Miguel Nicolelis apresenta tecnologia que vai permitir a paraplégico dar o pontapé inicial da Copa

Miguel Nicolelis apresenta tecnologia que vai permitir a paraplégico dar o pontapé inicial da Copa

Peça é resultado de uma série de pesquisas que têm envolvido pesquisadores de diversos países sob o comando do brasileiro

12 fevereiro 2014

O segundo dia do SAP Fórum começou com as palestras de Diego Dzodan, presidente da empresa para a América Latina, e do neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis. Dzodan falou sobre como a tecnologia pode impactar a maneira como as empresas encaram o futuro. O argentino apresentou uma solução que permite que as companhias façam análises preditivas, baseadas em seu histórico.

Já Nicolelis falou sobre o projeto que pretende fazer um jovem paraplégico dar o pontapé inicial da Copa do Mundo deste ano. A pesquisa consiste no desenvolvimento de um exoesqueleto comandado pelo cérebro. O aparelho encontra-se na França, mas deve chegar ao Brasil daqui a duas semanas para ser testado em um laboratório dirigido por Nicolelis na Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD).

O Walk Again Project (Projeto Andar de Novo) faz parte de uma linha de pesquisa feita por Nicolelis conhecida internacionalmente como "interface cérebro-máquina". O neurocientista já mostrou como macacos são capazes de controlar uma mão virtual, com a ajuda de uma espécie de tato virtual. Agora, seu objetivo é mostrar durante a abertura da Copa o trabalho do seu grupo. “Vamos mostrar ao mundo que o país do futebol também é o país da ciência. Esse será o verdadeiro gol brasileiro”, afirmou Nicolelis.

O projeto é uma parceria entre a Universidade Duke e instituições de Lausanne (na Suíça), Berlim e Munique (ambas na Alemanha), Natal e São Paulo.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.
    café com admMinimizar