Café com ADM
#

Meirelles diz que melhor política monetária consiste na preservação de um ambiente econômico estável e previsível

A melhor política monetária consiste na preservação de um ambiente econômico estável e previsível, o que favorece o alongamento de prazos de planejamento das familias e das empresas, diminui os prêmios de risco e, conseqüentemente, favorece o crescimento da economia.

A avaliação foi feita pelo presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, ao abrir na manhã de hoje (4) seminário da instituição.


“Não se pode esperar que o regime de metas em particular ou qualquer regime monetário em geral por si só resolva problemas microeconômicos, estruturais ou setoriais”.

Meirelles voltou a defender o regime de metas para como forma de conter a inflação. Ele lembrou que a meta estabelecida para este ano e para 2009 é de 4,5%, com margem de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Ele que diante da elevação da inflação global, puxada pelo descompasso entre o ritmo de crescimento da demanda e da ofertas, além da pressão sobre preço de commodities, a estratégia “é resiliente e eficaz”.

Para o presidente do BC o regime de metas faz com que os bancos centrais explicitem estratégias e horizontes da política monetária de seus países.

“No caso especifico do Brasil, isso envolve uma atuação vigorosa do BC para reverter as pressões inflacionárias e trazer a inflação de volta à meta central de 4,5% já em 2009”

Meirelles participa do seminário anual de metas de inflação, na sede do Banco Central, no centro do Rio. O seminário tem a finalidade de promover o intercâmbio de experiências de especialistas brasileiros e estrangeiros na formulação e execução da política monetária com foco no Sistema de Metas para a Inflação e analisar as tendências para o próximo ano.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.