Marketing de luxo: como aproveitar a música de ostentação
Marketing de luxo: como aproveitar a música de ostentação

Marketing de luxo: como aproveitar a música de ostentação

Aproveitar essa exposição é um dos desafios do marketing de luxo, assunto abordado na edição 25 da Revista Administradores

A inserção de marcas de luxo dentro das letras de músicas não é um fenômeno novo dentro da cultura pop. São menções espontâneas presentes em diversos gêneros musicais, especialmente no rap e funk de ostentação. Aproveitar essa exposição é um dos desafios do marketing de luxo, assunto abordado na edição 25 da Revista Administradores.

“As músicas de funk dialogam com os jovens da Classe C, mas isto não afeta a Classe A. Isso porque a Classe A não consome este tipo de música e quando consome é porque gosta. A Classe C faz uma leitura própria das marcas e reutilizam seus sentidos. Enquanto os jovens do rolezinho vestem uma camisa Polo com o cavalo grande, os da A vestem com o cavalo pequeno. Enquanto eles vestem camisa Lacoste colorida, os da A vestem algo monocromático”, afirma Renato Meirelles, diretor do Data Popular. 



Escute algumas músicas que inserem marcas e usam a ostentação como tema:

Ostentação na música by Agatha Assis on Grooveshark

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.