LinkedIn se rende ao modelo de perfis do Facebook

Objetivo é criar uma relação mais pessoal dos usuários com a rede

Mais uma rede social se rende ao modelo adotado pelo Facebook. Depois do Twitter realizar modificações, agora é a vez do LinkedIn, rede social voltada para oportunidades de empregos. Nas mudanças, a rede vai destacar a foto do perfil e uma imagem como capa dos usuários.

De acordo com o Brainstorm #9, o objetivo é criar uma relação mais pessoal dos usuários com a rede, para continuar com um cárater social e sério, mas sem parecer quadrado. O LinkedIn também quer incentivar o consumirem e produção de conteúdo para a rede, para virar uma rede profissional de conteúdos sérios ao invés de apenas um depósito de currículos.

Além dessas mudanças, os usuários serão convidados a atualizar as palavras-chave relacionadas aos seus perfis, e terão disponíveis a oportunidade de um plano premiu, no valor de US$ 9,99.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.