Fórum Econômico Brasil-Omã aposta em investimentos brasileiros

O evento terá a participarão do vice-presidente Michel Temer, além de empresários de Omã e do Brasil

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira realizará, na próxima segunda-feira (12), o Fórum Econômico Brasil-Omã. O objetivo do evento é estreitar relações bilaterais entre os países, atraindo mais empresários e negócios para ambos.

O evento terá a participarão do vice-presidente Michel Temer, de investidores de Omã e do Brasil, além de representantes de governo do país árabe. O destaque serão as empresas brasileiras que se instalarem nas zonas francas omanis.

“O objetivo do fórum é ampliar o conhecimento que o Brasil tem sobre Omã e vice-versa para que as relações comerciais e diplomáticas se tornem mais estreitas. Creio que este fórum é uma boa oportunidade para ampliar o conhecimento mútuo, promover o diálogo direto entre ambos os países e seus respectivos empresários. Empresas e governo de Omã apresentarão, especialmente, as zonas francas onamis para atrair empresas brasileiras. A mineradora brasileira Vale, por exemplo, já está instalada em uma dessas áreas, no Porto de Sohar. Também há um interesse do governo árabe em conhecer as melhores práticas brasileiras em preservação do meio ambiente. Além das apresentações das empresas, serão realizados encontros paralelos entre empresários brasileiros e omanis”, afirmou o embaixador de Omã no Brasil, Khalid Salim Al Jaradi.

Distribuição

O diretor-geral da Câmara Árabe, Michel Alaby, declarou que o país se beneficia por ter uma localização privilegiada, podendo assim oferecer acesso a importantes mercados da região, como a Índia e a China. “A ligação com o Oceano Índico e com os outros países do Golfo vai oferecer às empresas brasileiras oportunidade para se estabelecer na região com seus centros de distribuição e atender esse mercado expandido”, afirmou.

Brasil e Omã já promoveram eventos para a realização de parcerias em 2013. O vice-presidente do Brasil, Michel Temer, visitou o país no primeiro semestre, recebendo a visita da ministra da Educação de Omã, Madiha Al-Shibany, em novembro, no Rio de Janeiro. A ministra visitou o Brasil para a entrega do Prêmio Internacional Sultão Qaboos para o Meio Ambiente.

Além disso, o governo omani ainda pretende realizar outros dois eventos no país, em junho e em agosto. “Consideramos o Brasil um parceiro estratégico. Os dois países mantêm um bom relacionamento, suas atitudes e posições diplomáticas são muito similares. Queremos trabalhar junto com o Brasil”, afirmou o embaixador Jaradi, de Omã.

Participarão também do fórum Yahya Said Abdullah Al Jabri, ministro de Estado da Zona Econômica Especial de Duqm; o CEO da Zona Franca de Salalah, Aoad Salim Al Shanfari, o diretor comercial da Port of Duqm (Company SAOC - Oman Oil Company), Reggy Vermeulen; o vice-presidente de Mercados Emergentes da Oman Oil Company, Hilal Al Kharusi; o CEO do Fundo de Investimento de Omã, Sheikh Hassan Al Nabhani; e o chairman da Autoridade da Zona Econômica Especial de Duqm, Yahya Said Abdullah Al Jabri; além de representantes dos ministérios de Óleo e Gás e da Agricultura.

Serviço:
Fórum Econômico Brasil-Omã
Data: 12 de maio, a partir das 8h30
Local: Hotel Hyatt - São Paulo, SP
Informações: +55 11 3283-4066

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.