Café com ADM
#
Família brasileira consome mais com cartões do que com dinheiro
Família brasileira consome mais com cartões do que com dinheiro

Família brasileira consome mais com cartões do que com dinheiro

Meios eletrônicos ultrapassaram o uso de dinheiro vivo, com 37% do valor dos pagamentos

Desde 2013, o dinheiro não é mais a forma preferida dos brasileiros para fazer compras e pagar suas contas. Assim como os cheques, ele também foi superado pelos meios eletrônicos de pagamento. É o que revela um estudo feito pela Boanerges & Cia, consultoria em varejo financeiro.

A pesquisa demonstra que, em 2013, os meios eletrônicos de pagamento movimentaram cerca de R$ 1,1 trilhão nas suas várias modalidades, em sua maioria cartões, de crédito, débito, loja, rede e pré-pagos, além de celulares. Este montante representa 37% do total dos gastos feitos pelas famílias brasileiras, que alcançou o valor de R$ 3 trilhões no ano passado, segundo o IBGE. Com esta participação, os cartões e celulares, pela primeira vez na história, foram mais usados do que o dinheiro, que no mesmo período registrou 36% do volume total.

Em 2018, os meios eletrônicos serão responsáveis por 50% de todas as compras dos brasileiros e, dez anos após alcançar o primeiro lugar, em 2023, os cartões serão responsáveis por 60% do total, reservando apenas 17% para as notas e moedas. “O uso dos telefones celulares como instrumento de pagamento deve acelerar a chegada dos sistemas eletrônicos em mercados ainda dominados pelo dinheiro” diz o presidente da Boanerges & Cia, Boanerges Ramos Freire.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.