Está crescendo rápido na carreira?

Só fazer planos a curto prazo é a dica dos especialistas.

Quando o assunto é mudança na carreira, raramente o ponto mais relevante para a decisão é a remuneração. A análise do real valor de uma promoção, ou mudança de cidade e de local de trabalho, depende do impacto que ela terá sobre outras duas riquezas importantes: seu tempo pessoal e sua saúde. Será que vale a pena ganhar 20% a mais e perder duas horas de seu dia no trânsito? Qual o custo da adaptação de sua família a uma nova vizinhança? O novo emprego inviabiliza aquela saudável rotina do squash diário? Pense bem sobre esses pontos.

Muitos profissionais topam comprometer o que é importante, mas que não conta pontos para a carreira. Depois, são obrigados a rever repentinamente suas escolhas diante do que chamamos de “aviso” — um infarto ou a perda de uma pessoa querida. A questão não está em colocar a carreira em segundo plano. É possível ter como principal objetivo o crescimento profi ssional sem comprometer a qualidade de vida — basta moldála a uma carreira que se transforma. Se você está investindo em um MBA ou seus projetos estão ganhando repercussão na empresa, suas perspectivas de mudança para os próximos anos são boas.


Nessa situação, deixe para depois a compra da casa própria ou aquele plano de 12 meses na academia. Mantenha-se fl exível, com projetos de curto prazo e, de preferência, vivendo em um imóvel alugado. Se for transferido, você não perderá o que pagou na academia e poderá procurar outra perto do novo trabalho. Melhor ainda se for na mesma região em que você encontrou um bom imóvel para alugar, que o livra de ter um segundo automóvel na família. Flexibilidade é a palavra de ordem para quem almeja mudanças. Se você estiver na recém-mobiliada casa dos sonhos (cuja localização levou em consideração o trabalho atual), terá de considerar um custo extra com o deslocamento para o novo emprego. Em outras palavras, tenha paciência e consolide seu esquema de vida (e de gastos) só depois que a carreira estiver estruturada. Grandes aquisições, somente quando você não estiver mais buscando grandes mudanças.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.